… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

13 de janeiro


William MacDonald

Um dia de cada vez

13 de janeiro

“Posso todas as coisas naquele que [em Cristo] que me fortalece.” (Fl 4:13, ARC, Pt)

É fácil interpretar mal um versículo como este. Quando o lemos, vêm-nos à mente centenas de coisas que não podemos fazer. No âmbito do físico, por exemplo, pensamos em algumas façanhas extravagantes, que, para as levarmos a cabo requerem um poder sobre-humano, ou, pensamos em grandes sucessos intelectuais que estão além da nossa capacidade. Vendo isto assim, as palavras do Apóstolo, longe de ser um consolo, convertem-se numa tortura.



O que realmente este versículo nos ensina, é que o Senhor nos dará o poder suficiente para fazermos algo que Ele queira que façamos. Dentro da esfera da Sua vontade não há impossibilidades.



Pedro conhecia este segredo. Compreendia que pelas suas próprias forças, não poderia caminhar sobre a água. Porém, estava persuadido de que se o Senhor lhe ordenava que o fizesse, então, podia fazê-lo. Assim que Jesus lhe disse: “Vem,” Pedro saltou da barca para a água, e caminhou até Ele.



Normalmente, uma montanha não se deslizaria para o mar simplesmente porque eu lho mandasse. Porém, se essa montanha se interpõe entre mim e o cumprimento da vontade de Deus, então posso dizer-lhe: “Passa daqui para acolá-e há de passar,” e será feito.



Em resumo: “Os Seus mandamentos são capacitações”, portanto, Deus dará sempre força suficiente para suportar qualquer prova. Capacitar-nos-á para resistirmos a toda tentação e para conquistarmos qualquer hábito. Fortalecer-nos-á para que possamos levar uma vida de pensamentos limpos, motivos puros e para fazermos sempre as coisas que Lhe agradam.



Quando me falta força suficiente para realizar alguma coisa ou me derrubo física, mental ou emocionalmente, devo perguntar-me se isto se deve a que descuidei a Sua vontade e se estou procurando os meus próprios desejos. É possível trabalhar para Deus sem estar fazendo a obra de Deus. Um trabalho assim não traz consigo a promessa do Seu poder.



Por isso, é importante saber que estamos avançando de acordo com os Seus planos. Só assim podemos ter a confiança gozosa de que a Sua graça nos sustentará e nos capacitará.

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: