… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

13 de janeiro



C. H. Spurgeon
Leituras Vespertinas

13 de janeiro

“Fez nadar o ferro.” (2Rs 6:6, ARC, Pt)

O machado parecia estar irremediavelmente perdido, e, como era emprestado, o prestígio dos filhos dos profetas estava provavelmente em perigo, e, em consequência, o nome do seu Deus ia estar comprometido. Contra toda a esperança, o ferro subiu das profundidades do rio e nadou, pois o que é impossível para os homens é possível para Deus. Conheço um homem em Cristo que há poucos anos foi chamado a empreender uma obra que estava muito para lá das suas forças. Esta obra parecia-lhe tão dificultosa que até a simples ideia de tentar realizá-la era absurda. Contudo, ele foi chamado a realizá-la, e, ao apresentar-se-lhe a ocasião, a sua fé afirmou-se. Deus premiou-lhe a sua fé, enviou-lhe ajuda inesperada e o ferro nadou. Outro, da família do Senhor, estava passando por um grave aperto financeira. Se tivesse podido vender certa parte dos seus bens teria tido com o que satisfazer todos seus compromissos, mas da noite para o dia foi posto num beco sem saída, e foi, em vão, à busca de amigos. Todavia, a sua fé guiou-o para o infalível Ajudador, e, vede!, a dificuldade desapareceu e o ferro nadou. Um terceiro estava preocupado com um triste caso de corrupção. Já tinha apelado ao ensino, à repreensão, à exortação, ao convite e à intercessão, mas… tudo em vão. O velho Adão era muito forte para o jovem Melanchton; o teimoso espírito não queria ceder. Então agonizou em oração, e, em breve, foi enviada do céu uma bendita resposta. O coração duro foi quebrantado e o ferro nadou.

Amado leitor, qual é teu caso desesperado? Que assunto grave tens entre mãos, esta noite? Trá-lo aqui. O Deus dos profetas vive, e vive para ajudar os Seus santos. Ele não permitirá que careças de algum bem. Põe a tua fé no Senhor dos Exércitos! Aproxima-te dEle invocando o nome de Jesus e o ferro nadará. Verás dentro de pouco tempo o dedo de Deus obrando maravilhas a favor do Seu povo. “Seja-vos feito segundo a vossa fé”, e ainda outra vez o ferro nadará.



Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: