… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

16 de janeiro


Oswald Chambers 
My Utmost for His Highest
16 de janeiro A VOZ DA NATUREZA DE DEUS

“Ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós?” (Is 6:8, ARC, Pt)

Quando falamos sobre a chamada de Deus, muitas vezes esquecemos a coisa mais importante, ou seja, a natureza dAquele que chama. Actualmente há muitas coisas chamando a cada um de nós. Algumas dessas chamadas serão atendidas, e outras nem sequer serão ouvidas. A chamada é a expressão da natureza d'Aquele que chama, e nós só podemos reconhecer a chamada, se essa mesma natureza está em nós. A chamada de Deus é a expressão da natureza de Deus, não nossa. Deus providencialmente tece os fios da Sua chamada através de nossas vidas, e somente nós podemos distingui-los. Como é o tecido da voz de Deus, diretamente para nós, sobre um assunto em particular, é inútil pedir a opinião de outra pessoa sobre isso. As nossas maneiras de proceder acerca da chamada de Deus devem ser mantidas exclusivamente entre nós e Ele.



A chamada de Deus não é um reflexo da minha natureza; os meus desejos pessoais e o meu temperamento não são levados em conta. Enquanto eu insista nas minhas próprias qualidades e aptidões e pense naquilo para o qual estou apto, nunca ouvirei a chamada de Deus. Mas quando Deus me leva para o relacionamento correto com Ele, estarei na mesma condição que Is estava. Is estava tão sintonizado com Deus, por causa da grande crise que tinha acabado de suportar, que a chamada de Deus penetrou na sua alma. A maioria de nós não consegue ouvir nada, a não ser a nós mesmos. E não podemos ouvir nada do que Deus diz. Porém, ser conduzidos para o lugar onde podemos ouvir a chamada de Deus significa ser profundamente transformados.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: