… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sábado, 28 de janeiro de 2017

28 de janeiro



C. H. Spurgeon
Livro de Cheques do Banco da Fé
28 de janeiro

“E Deus limpará dos seus olhos toda a lágrima.” (Ap 21:4, ARC, Pt)

Sim, isto acontecerá connosco se formos verdadeiros crentes. A dor cessará, e as lágrimas serão limpas. Este mundo é de pranto, porém passará. Haverá um novo Céu, e uma nova Terra, conforme o diz o primeiro versículo deste capítulo; e, portanto, não teremos mais de chorar a Queda (de Adão) e as suas consequentes misérias. Lede o segundo versículo, e notai como ele fala da noiva e das suas núpcias. As bodas do Cordeiro são um tempo de prazer infinito, em que as lágrimas deixarão de existir. O terceiro versículo diz que o próprio Deus morará entre os homens, e seguramente haverá deleites à Sua mão direita para sempre, e jamais as lágrimas tornarão a correr.

Como será o nosso estado quando não houver mais dor, pranto ou clamor? Será mais glorioso, do que podemos imaginar agora. Oh olhos avermelhados pelo pranto, cessai o vosso pranto ardente; porque dentro de pouco tempo não mais conhecerei as lágrimas! Ninguém pode limpar as lágrimas como o Deus de amor, e Ele vem para fazê-lo. “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” Vem, SENHOR, e não demores; porque agora tanto os homens como as mulheres têm de chorar!



 Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: