… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

14 de fevereiro

Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras de
C. H. Spurgeon
14 de fevereiro – PERFEITOS EM CRISTO JESUS

“Miserável homem que eu sou! Quem me livrará do corpo desta morte? Dou graças a Deus, por Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim que, eu mesmo, com o entendimento, sirvo à lei de Deus, mas, com a carne, à lei do pecado.” (Rm 7:24-25, ARC, Pt)

Cristão angustiado, seca as tuas lágrimas. Estás chorando por causa do pecado? Por que choras? Chora pelo teu pecado, mas não chores por temor ao castigo. Há-te dito o maligno que serás condenado? Diz-lhe na sua cara que mente. Ai, pobre crente aflito, estás chorando pelas tuas corrupções? Olha para o teu perfeito Senhor, e recorda, estás completo nEle. Para Deus és tão perfeito como se nunca tivesses pecado; inclusivamente mais, mais que isso, o Senhor, nossa justiça, te há posto uma vestimenta divina para que tenhas algo mais que a justiça do homem, para que tenhas a justiça de Deus. Oh, tu que sofres por causa do pecado inato e pela depravação, recorda, nenhum dos teus pecados te pode condenar. Tens aprendido a odiar o pecado, mas também aprendeste que o pecado não é teu, foi posto sobre a cabeça de Cristo. Vem, anima-te, a tua posição não está em ti mesmo, está em Cristo; a tua aceitação não está em ti mesmo, mas no teu Senhor. Com todo o teu pecado, hoje és tão aceite como na tua santificação; igualmente Deus te aceita hoje, com todas as tuas iniquidades, como o serás quando estiver diante do Seu trono, livre de toda a corrupção. Suplico-te que te aferres a este precioso pensamento, perfeição em Cristo! Porque és (estás) perfeito em Jesus Cristo. Anima-te, não temas morrer, a morte não tem nada de terrível para ti; Cristo tirou o fel todo ao aguilhão da morte.



A Bíblia, do princípio ao fim, num ano: Ex 37-40

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: