… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

15 de fevereiro


C. H. Spurgeon
Leituras Matutinas

15 de fevereiro

“A Ele seja dada a glória, assim agora como no dia da eternidade.” (2Pe 3:18, ARC, Pt)

OS céus serão cheios com os incessantes louvores de Jesus. Eternidade! Os teus incontáveis anos apressarão o seu curso eterno, mas pelos séculos dos séculos “a Ele seja dada glória.” Não é Ele sacerdote eterno segundo a ordem de Melquisedec? “A Ele seja dada glória.” Não é Ele rei eterno, Rei de reis e Senhor dos senhores, Pai eterno? “A Ele seja dada a glória, assim agora como no dia da eternidade.” Nunca cessarão os Seus louvores. O que foi comprado com sangue merece durar o tempo que dura a eternidade. A glória da cruz nunca deve ser eclipsada. O brilho do sepulcro e da ressurreição nunca tem de ser obscurecido. Oh Jesus! Tu serás sempre louvado. Enquanto os espíritos imortais vivem, enquanto o trono de Deus perdura, para sempre, para sempre a Ti seja dada glória. Crente, quando tributas glória a Jesus, estás antecipando o tempo quando te reunirás com os santos no céu. Mas, estás agora glorificando-O? As palavras do apóstolo são estas: “A Ele seja dada a glória, assim agora como no dia da eternidade.” Não desejas hoje fazer tua esta oração?: “Senhor, ajuda-me a glorificar-Te. Sou pobre, ajuda-me a glorificar-Te conformando-me com o que tenho; estou doente, ajuda-me a honrar-Te por meio da paciência; tenho talentos, ajuda-me a louvar-Te usando-os para Ti; disponho de tempo, ajuda-me, Senhor, a redimi-lo a fim de que possa servir-Te; tenho um coração para sentir, permite, Senhor, que este coração não sinta outro amor que o Teu e não se inflame com outra chama que a do amor por Ti; tenho uma mente para pensar, ajuda-me, Senhor, a pensar em Ti e por Ti. Tu puseste-me neste mundo com um propósito, mostra-me, Senhor, qual é esse propósito e ajuda-me a cumpri-lo. Eu não posso fazer muito, porém, como a viúva depositou duas pequenas moedas que constituíam todo o seu sustento, assim Senhor, eu ponho o meu tempo e a eternidade na Tua tesouraria. Sou todo Teu; toma-me e capacita-me para Te glorificar agora em tudo o que digo, faço e tenho.”


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: