… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sábado, 18 de fevereiro de 2017

18 de fevereiro



C. H. Spurgeon 
Livro de Cheques do Banco da Fé

18 de fevereiro

“Ele cumprirá o desejo dos que O temem; ouvirá o seu clamor, e os salvará.” (Sl 145:19, ARC, Pt)

O próprio Espírito de Deus tem produzido este desejo em nós, e, portanto, Ele irá satisfazê-lo. É a Sua própria vida, em nós, que inspira clamor, e, por isso, Ele nos ouvirá. Aqueles que temem a Deus são homens que estão sob a mais santa influência, e, por isso, o seu desejo é glorificar a Deus, e gozar dEle para sempre. Como Daniel, são homens de santos desejos e o SENHOR fará com que suas aspirações tenham cumprimento.

Os desejos santos são graça na erva, e o Lavrador celestial cultivá-los-á até que cheguem a ser grão cheio na espiga. Os homens crentes em Deus desejam ser santos, ser úteis, ser uma bênção para outros, e assim honrar o seu SENHOR. Eles desejam provisões para as suas necessidades, ajuda quando estão sob o peso das suas cargas, orientação na perplexidade, salvamento na aflição; e, algumas vezes, este desejo é tão forte, e os seus casos tão urgentes, que clamam em agonia, como crianças pequeninas que sofrem dor, e então o SENHOR opera compreensivamente, e faz tudo o que é necessário, conforme esta Palavra: “E os salvará”

É verdade, se tememos a Deus, nada mais devemos temer; se clamamos ao SENHOR, a nossa salvação é certa.
Que o leitor ponha este versículo na sua língua e guarde-o na sua boca todo o dia, e o mesmo lhe será como “wafer com mel.”





 Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: