… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

20 de fevereiro


Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras de
C. H. Spurgeon

20 de fevereiro AMOR IMPERSCRUTÁVEL
Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados (1Jo 4:10, ARC, Pt)

Por acaso não há circunstâncias e cenários que de vez em quando se apresentem diante de nós e nos inspirem uma exclamação como a do apóstolo: “Nisto está o amor”? Quando vemos a devoção de uma mãe a seus filhos, quando vemos o afeto de um amigo por outro e conseguimos ver nas diferentes relações humanas algo da bondade que existe nos corações humanos, temos dito: “Nisto está o amor!” Vou pedir-te que olhes e consideres a maravilha que o apóstolo descobriu e que o fez exclamar com as mãos levantadas: “Nisto está o amor!”



Quando Deus ama aqueles que O amam, parece estar de acordo com a lei da natureza, mas quando Ele ama aqueles que não O amam, isto deve estar por cima de todas as leis, está de acordo, sem dúvida, com a regra extraordinária da graça e só da graça. Não havia nem um homem na terra que amasse a Deus. Não havia nenhum que fizesse o bem, nenhum e, não obstante, o Senhor pôs os olhos do Seu amor selecionador em pecadores que não tinham a mais remota ideia de amá-Lo a Ele. Num coração não renovado não há mais amor a Deus do que há vida num pedaço de granito. Numa alma perdida não há mais amor a Deus que o fogo que há nas profundidades das ondas do oceano; e aqui jaz a maravilha, em que quando nós não tínhamos nenhum amor por Deus, Ele nos amou.






A Bíblia, do princípio ao fim, num ano: Lc 11-12

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: