… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

22 de fevereiro



C. H. Spurgeon
Leituras Vespertinas

22 de fevereiro
“O SENHOR é tardio em irar-Se.” (Na 1:3, ARC, Pt)

O SENHOR “é tardio em irar-Se.” Quando a misericórdia vem ao mundo é trazida por corcéis alados. Os eixos das rodas do seu carro estão vermelhos pela velocidade; mas, quando vem a ira, avança com passos curtos, porque Deus não tem prazer na morte do pecador. A vara da misericórdia está sempre estendida na Sua mão; pelo contrário, a Sua espada de justiça está na sua bainha, sujeita por aquela amorosa mão traspassada que sangrou pelos pecados dos homens. “O SENHOR é tardio em irar-Se”, porque é GRANDE EM PODER. É, na verdade, grande em poder quem tem domínio sobre si mesmo. Quando o poder de Deus se contém, então é realmente poder. O poder que trava a omnipotência é omnipotência superada. Um homem de grande coração pode suportar o insulto por muito tempo e só se ofende pela ofensa quando um sentido de justiça demanda a sua ação. O débil de alma irrita-se em pouco tempo; o forte suporta como uma rocha que não se move, ainda que mil ondas se arremessem violentamente sobre ela, e deitem a sua malícia desprezível em espuma por cima dela. Deus observa os Seus inimigos, e todavia não Se excita, mas contém a Sua ira. Se Ele fosse menos divino do que é, teria, há tempo, enviado a totalidade dos Seus trovões e esvaziado os depósitos do Céu; teria secado a terra com fogos espantosos das suas regiões mais baixas, e o homem teria sido totalmente destruído, mas a grandeza do Seu poder trouxe-nos, em em vez disso, misericórdia. Querido leitor, qual é o teu estado esta noitinha? Podes, com fé humilde, olhar para Jesus e dizer: “Meu Substituto, Tu és a minha rocha e a minha esperança”? Então, amado, não tenhas medo do poder de Deus, porque agora que foste perdoado e aceite, agora que pela fé te refugiaste em Cristo, o poder de Deus não deve aterrorizar-te mais do que o escudo e a espada do soldado aterrorizam aqueles a quem ele ama. Antes, regozija-te antes que Aquele que é “grande em poder” é teu Pai e Amigo.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: