… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sábado, 4 de fevereiro de 2017

4 de fevereiro




Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras de
C. H. Spurgeon

4 de fevereiro – APRENDE E EM SEGUIDA VAI

“E o que ceifa recebe galardão, e ajunta fruto para a vida eterna; para que, assim, o que semeia, como o que ceifa, ambos se regozijem.” (Jo 4:36, ARC, Pt)

Ele saiu da sua solidão e começou a semear. Isso é o que quero dizer. Ao princípio, um Cristão, muito sabiamente, vive debaixo de tecto. Lá dentro é necessário muita limpeza e esfregão. Quando as abelhas saem dos seus alvéolos, passam os primeiros dias da sua vida na colmeia, limpando e deixando tudo em ordem. Não saem para procurar mel até primeiro terem terminado com todo o trabalho de casa. Queria que todos os cristãos fizessem as suas tarefas domésticas logo que lhes fosse possível. Quero dizer, relacionarem-se com os assuntos experimentais como o pecado que mora em nós e a graça vencedora. Mas depois disso, o que semeia, saiu a semear. Ele não estava contente com a sua experiência privada, mas saiu a semear. Há muitas pessoas que se sentem miseráveis porque estão sempre em casa. Sai, irmão; sai, irmã. Conquanto a tua experiência é importante, só tem importância como plataforma para uma verdadeira utilidade. Arruma tudo no teu íntimo para que possas trabalhar fora.




A Bíblia, do princípio ao fim, num ano: Mc 15-16


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: