… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

domingo, 5 de fevereiro de 2017

5 de fevereiro


Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras de
C. H. Spurgeon
5 de fevereiro – AS TEIAS DE ARANHA VARRIDAS

“E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como esterco, para que possa ganhar a Cristo, e seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé.” (Fl 3:8-9, ARC, Pt)

Há uma autojustiça aí acima, na tua frente, como uma coroa, que terás de a tirar. Estás coberto com as formosas vestimentas das tuas boas obras, tira-as, irmão. Nenhuma tem mérito ante os olhos de Deus até que tenhas confiado em Seu Filho. Tudo o que tens feito e tudo o que pensas são só como teias  de aranha de terás de varrer. Aí está a porta pela qual devem entrar os mais arruinados e tu tens de passar pela mesma porta. Não existe um caminho privado para os cavalheiros como tu; não há um caminho real para o céu, exceto este único caminho real que está aberto para o principal dos pecadores. Abaixo, senhor Orgulho! Eis aqui um homem que nasceu de pais cristãos e quiçá tenha dado atenção à lógica mentirosa da era atual que diz: «Os filhos nascidos de pais cristãos não necessitam da conversão; há algo bom neles por natureza». Eu vos digo, senhores, que começo a tremer ao pensar nos filhos de pais piedosos porque creio que são os têm mais possibilidades de ser enganados; muitas vezes têm ilusões de que estão convertidos, quando não o estão e admitem-no nas igrejas quando de facto ainda não são convertidos. Em lugar de se alardear dos seus piedosos antepassados, por muito grande que seja o privilégio que isto represente, devem recordar que a regeneração não é por sangue nem de nascimento, nem pela vontade do homem, mas sim de Deus. Para eles, assim como para todos os demais, se aplicam-se as palavras de Cristo: “Necessário vos é nascer de novo.”




A Bíblia, do princípio ao fim, num ano: Ex 1-4

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: