… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 27 de março de 2017

27 de março


Oswald Chambers
My Utmost for His Highest
27 de março A VISÃO ESPIRITUAL POR MEIO DA PUREZA PESSOAL (2)

“... Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas ....” (Ap 4:1, ARC, Pt)

Um bom estado de espírito e uma visão espiritual só podem ser alcançados através de uns hábitos elevados de caráter pessoal. Se no nível exterior da tua vida vives à altura do mais elevado e do melhor que conheces, Deus dir-te-á continuamente: “Amigo, sobe mais alto”. Há também uma regra contínua na tentação que te chama para que vás mais alto; mas quando o fazes, somente enfrentas outras tentações diferentes e outros problemas de caráter. Tanto Deus como Satanás empregam a estratégia da ascensão, só que Satanás usa-a para a tentação e o seu efeito é muito diferente. Quando o diabo te põe num lugar elevado, leva-te a que fixes o teu conceito da santidade além do que a carne e sangue jamais vão poder alcançar. A vida converte-se numa atuação de acrobacia espiritual no alto de uma agulha de uma torre. Tu aferraste a ela, tentando manter o equilíbrio e não te atreves a mover-te. Mas quando Deus te eleva por Sua graça aos lugares celestiais, descobres um vasto planalto onde tu te podes mover com facilidade.



Compara a tua vida espiritual desta semana com a mesma semana do ano passado para veres como Deus te tem chamado a um nível superior. Todos nós fomos levados a ver as coisas de um ponto de vista mais elevado. Nunca permitas que Deus te mostre uma verdade, a qual tu não a comeces imediatamente a viver, aplicando-a na tua vida. Esforça-te sempre por aplicá-la e mantem-te na sua luz.



O teu crescimento na graça não se mede pelo facto de que não tenhas retrocedido, mas porque percebes onde te encontras no nível espiritual. Já escutaste Deus dizer: “Sobe mais alto”, não de forma audível no nível externo, mas na parte mais interna do teu caráter?



Ocultarei eu a Abraão o que faço …?” (Gn 18:17). Deus tem de ocultar-nos o que Ele faz até que, devido ao crescimento do nosso caráter pessoal, chegamos ao nível em que Ele o pode revelar a nós.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: