… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

terça-feira, 11 de abril de 2017

11 de abril


Oswald Chambers
My Utmost for His Highest

11 de abril DIVINDADE COMPLETA E EFICAZ

“Se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição” (Rm 6:5. ARC, Pt)

Co-ressurreição. A prova de que eu tenho experimentado a crucificação com Jesus é que eu tenho uma semelhança definida com Ele. O Espírito de Jesus entrando em mim reorganiza a minha vida pessoal diante de Deus. A ressurreição de Jesus deu-Lhe a autoridade para me outorgar a vida de Deus, e agora as experiências da minha vida devem ser construídas sobre o fundamento da Sua vida. Eu posso ter a vida da ressurreição de Jesus aqui e agora, e ela mostrar-se-á através de santidade.



A ideia de todos os escritos do apóstolo Paulo é que, após a decisão de ser identificado com Jesus na Sua morte ter sido feita, a vida de ressurreição de Jesus penetra cada pedaço da minha natureza humana. Ela leva a omnipotência de Deus —a Sua divindade completa e eficaz— para viver a vida do Filho de Deus em carne humana.



O Espírito Santo não pode ser aceite como um convidado em apenas um quarto da casa— Ele invade-a toda. E logo que eu decido que o meu “velho homem” (isto é, a minha hereditariedade do pecado) deve ser identificado com a morte de Jesus, o Espírito Santo me invade. Ele encarrega-Se de tudo. A minha parte é andar na luz e obedecer a tudo o que Ele me revela. Desde que eu tenha feito essa decisão importante sobre o pecado, é fácil “concluir” que eu estou realmente “morto para o pecado,” porque acho a vida de Jesus em mim durante todo o tempo (Rm 6:11). Assim como existe apenas um tipo de humanidade, há apenas um tipo de santidade— a santidade de Jesus. E é a Sua santidade, que me foi dada. Deus põe a santidade de Seu Filho em mim, e eu pertenço a uma nova ordem espiritual.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: