… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 17 de abril de 2017

17 de abril

Oswald Chambers
My Utmost for His Highest
17 de abril TUDO OU NADA?

“Quando Simão Pedro ouviu que era o Senhor, cingiu-se com a túnica … e lançou-se ao mar.” (Jo 21:7, ARC, Pt)

Já alguma vez sofreste uma crise na tua vida durante a qual abandonaste tudo de uma forma intencional, com seriedade e sem que te importassem as consequências? É uma crise de vontade. Tu podes alcançar este ponto muitas vezes no âmbito externo, mas isso não importa para nada. A verdadeira e profunda crise de abandono, ou a entrega total, é atingida internamente, não externamente. O abandono só de coisas externas pode realmente ser uma indicação do teu estado de total escravidão.

Já entregaste deliberadamente a tua vontade a Jesus Cristo? É uma transação da vontade, não da emoção; qualquer emoção positiva que resulte é simplesmente uma bênção superficial decorrente da transação. Se focas a tua atenção na emoção, nunca farás a transação. Não perguntes a Deus como é que a transação deve ser feita, mas toma a decisão de entregar a tua vontade com respeito a tudo o que vês, quer seja nas obrigações superficiais ou profundos e ou nas profundas no íntimo.

Se já tens ouvido a voz de Jesus Cristo sobre as ondas do mar, podes deixar as tuas convicções e a tua consistência cuidar de si mesmas, mas concentra-te em manter a tua relação íntima com Ele.

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: