… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quinta-feira, 6 de abril de 2017

6 de abril



C. H. Spurgeon
Leituras Vespertinas
6 de abril

“No nome do SENHOR as despedaçarei.” (Sl 118:12, ARC, Pt)

NOSSO Senhor Jesus não adquiriu com a Sua morte um direito a uma só parte do nosso ser, mas a todo o nosso ser. Ele contemplou na Sua paixão a nossa inteira santificação: espírito, alma e corpo, para que neste triplo reino Ele pudesse reinar supremo e sem rival. É encargo da nova natureza que Deus deu aos regenerados defender os direitos do Senhor Jesus Cristo. Minha alma, porquanto tu és uma filha de Deus, tens de conquistar o resto do teu ser que ainda permanece não abençoado. Deves submeter todas as tuas faculdades e paixões ao cetro de prata do misericordioso reino de Jesus, e, tu nunca deves estar satisfeito até que Aquele que é Rei por compra, venha a ser Rei, também, por coroação graciosa, e reine em ti supremo. Uma vez que, então, o pecado não tem direito a nenhuma parte de nós, empreendemos uma boa e legítima guerra quando procuramos, no nome de Deus, eliminá-lo. Oh, meu corpo, tu és um membro de Cristo! Tolerarei eu a tua submissão ao príncipe das trevas? Oh, minha alma, Cristo sofreu por teus pecados e te redimiu com o Seu sangue muito precioso! Permitirei eu que a tua memória seja um depósito de mal, ou as tuas paixões, tições de iniquidade? Entregarei o meu juízo para que seja pervertido pelo erro ou a minha vontade para que seja introduzida nas prisões de iniquidade? Não, minha alma, tu és de Cristo e o pecado não tem direito em ti.



Sê corajoso quanto a isto, oh Cristão! Não te desanimes como se os teus inimigos espirituais nunca pudessem ser destruídos. Tu podes vencê-los –não pelas tuas próprias forças- porque o mais débil deles seria muito forte para ti. Mas tu podes vencê-los e vencê-los-ás pelo sangue do Cordeiro. Não perguntes: “Estas nações são mais numerosas do que eu; como as poderei lançar fora?”, mas vai ao Forte em busca de força, espera humildemente em Deus, e o poderoso Deus de Jacob virá sem dúvida livrar-te e tu cantarás vitória por meio da Sua graça.

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: