… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

domingo, 2 de abril de 2017

2 de abril


Oswald Chambers
 My Utmost for His Highest
2 de abril A GLÓRIA QUE É SEM IGUAL

“O Senhor Jesus … me enviou, para que tornes a ver...” (At 9:17, ARC, Pt)

Quando Paulo recuperou a sua vista, ele também recebeu uma visão espiritual na Pessoa de Jesus Cristo. Toda a sua vida e pregação foram daquele ponto em diante totalmente consumidos com nada senão Jesus Cristo: “Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado” (1Co 2:2, ARC, Portugal). Paulo nunca mais permitiu que qualquer coisa atraísse e prendesse a atenção da sua mente e alma, exceto o rosto de Jesus Cristo.

Temos de aprender a manter o mais alto grau de carácter, mesmo até ao nível que nos foi revelado na nossa visão de Jesus Cristo.

A característica permanente de um homem espiritual é a capacidade de entender corretamente o significado do Senhor Jesus Cristo na sua vida e a capacidade de explicar a outros os propósitos de Deus. A paixão que governa a sua vida é Jesus Cristo. Sempre que vês esta qualidade numa pessoa, tens a sensação de que ele é realmente um homem segundo o coração de Deus (ver At 13:22).

Nunca permitas que nada te desvie do teu discernimento de Jesus Cristo. É o verdadeiro teste para saber se tu és espiritual ou não. Ser não espiritual significa que outras coisas têm um fascínio crescente sobre ti.

Desde que os meus olhos contemplaram a Jesus,
Perdi de vista tudo o mais,
Assim cativa está a visão do meu espírito,
Olhando fixamente para o Crucificado.




Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: