… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sexta-feira, 19 de maio de 2017

19 de maio


C. H. Spurgeon
Leituras Vespertinas
19 de maio
“E pediu em seu ânimo a morte.” (1Rs 19:4, ARC, Pt)

É notável que o homem que nunca devia morrer, a quem Deus tinha destinado uma sorte imensamente melhor, o homem que teria de ser levado para o Céu num carro de fogo e ser transladado para que não visse a morte, orasse desta forma: “Toma agora a minha vida, pois não sou melhor do que meus pais.” Temos nós aqui uma memorável prova de que Deus nem sempre responde às orações como as fazemos, ainda que, na verdade, Ele sempre lhes responde. Ele deu a Elias algo melhor do que ele tinha pedido, e assim, na verdade, Deus ouviu-o e respondeu-lhe. É estranho que Elias, que tinha um coração de leão, se sentisse tão deprimido pela ameaça de Jezabel, que pedisse a morte; mas, felizmente, o nosso bondoso Pai celestial não respondeu ao Seu desanimado servo ao pé da letra. Há um limite para a doutrina da oração de fé. Não devemos esperar que Deus nos dê tudo o que queremos pedir-Lhe. Sabemos que algumas vezes pedimos e não recebemos porque pedimos mal. Se pedirmos o que não está prometido; se nos opusermos ao espírito que o Senhor quer que cultivemos; se pedirmos contrariamente à Sua vontade ou aos decretos da Sua providência; se meramente pedirmos para a satisfação dos nossos desejos, sem pensar na glória de Deus, não devemos esperar receber nada. Contudo, quando pedimos com fé, nada duvidando, se não recebermos precisamente a coisa que pedimos, receberemos em lugar dela a sua equivalente e mais que a sua equivalente. Como alguém disse: “Se o Senhor não paga em prata, paga em ouro; se não pagar em ouro, paga em diamante.” Se Ele não te dá precisamente o que pedes, dar-te-á o que é equivalente e o que te gostará de receber em lugar daquilo. Permanece, por isso, querido leitor, muito em oração e faz hoje à noite um tempo de ardente intercessão, mas tem cuidado com o que pedes.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: