… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sábado, 20 de maio de 2017

20 de maio

Oswald Chambers
My Utmost for His Highest
20 de maio TOMANDO POSSE DA NOSSA PRÓPRIA ALMA

“Na vossa paciência possuí as vossas almas.” (Lc 21:19, ARC, Pt)

Quando uma pessoa nasce de novo, há um período de tempo em que ela não tem a mesma vitalidade do seu pensamento ou de raciocínio que ela tinha anteriormente. Temos de aprender a expressar essa nova vida que há dentro de nós, a qual provem pela formação da mente de Cristo (vê Fl 2:05). Lc 21:19 significa que tomamos posse das nossas almas por meio da paciência. Mas muitos de nós preferimos ficar na entrada da vida cristã, em vez de prosseguir para criar e construir a nossa alma, de acordo com a nova vida que Deus colocou dentro de nós. Nós falhamos porque ignoramos a maneira como Deus nos fez, e nós atribuímos a responsabilidade das coisas ao diabo, coisas que são na realidade o resultado das nossas próprias naturezas indisciplinados. Pensa só o que poderíamos ser quando estamos despertos para a verdade!


Há certas coisas na vida pelas quais não precisamos de orar— o mau humor, por exemplo. Nós nunca nos livraremos do mau humor por meio da oração, mas expulsando-o das nossas vidas. O mau humor quase sempre está enraizado em alguma circunstância física, não no nosso verdadeiro eu interior. É uma luta constante para não ouvirmos o mau humor que surge como resultado de nossa condição física, mas nunca devemos submeter-nos a ele por um instante. Temos de nos agarrar a nós mesmos pelo colarinho e sacudirmo-nos a nós mesmos; então, descobriremos que podemos fazer o que pensávamos que éramos incapazes de fazer. O problema da maioria de nós é simplesmente a maldição de que nós não o queremos fazer. A vida Cristã é uma vida de coragem e de determinação espiritual vivida na nossa carne.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: