… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sexta-feira, 5 de maio de 2017

5 de maio

C. H. Spurgeon
Leituras Vespertinas
5 de maio
“O que atenta prudentemente para a palavra achará o bem, e o que confia no SENHOR será bem-aventurado.” (Pv 16:20, ARC, Pt)

A sabedoria é a verdadeira força do homem, e, sob a sua direção, ele cumpre melhor os fins da sua existência. O dirigir sabiamente os assuntos da vida dá ao homem o gozo mais delicioso, e oferece às suas faculdades a ocupação mais nobre; por isso, por intermédio dela, ele acha o bem no sentido mais amplo. Sem a sabedoria, o homem é como um potro de asno montês, que corre de cá para lá, gastando as forças que poderiam ser empregadas proveitosamente. A sabedoria é a bússola pela qual o homem deve guiar-se através do ínvio deserto da vida; sem ela, é um navio abandonado, ao jogo dos ventos e das ondas. O homem deve ser prudente num mundo como este, senão ele não achará o bem mas será traído por inúmeros males. O peregrino ferirá gravemente os seus pés entre as sarças da selva da vida senão escolher os seus passos com muito cuidado. Aquele que está num deserto infestado de ladrões deve conduzir-se sabiamente se quer viajar com segurança. Se, treinados pelo Grande Professor, seguimos por onde Ele guia, acharemos o bem, até nesta triste morada. Há frutos celestiais que devem ser colhidos deste lado dos caramanchéis do Éden e cantos do paraíso que têm que ser cantados pelo meio dos pequenos bosques da Terra. Mas, onde será achada esta sabedoria? Muitos têm sonhado com ela, mas não a têm possuído. Onde a aprenderemos? Que ouçamos com atenção a voz do SENHOR porque Ele declarou o segredo. Ele tem revelado aos filhos dos homens onde está a verdadeira sabedoria, e nós temo-la no versículo: “o que confia no SENHOR.” O verdadeiro modo de dirigir um assunto sabiamente é confiar no SENHOR. Esta é a pista segura para o mais intrincado labirinto da vida; segue-a e acharás eterna beatitude. Aquele que confia no Senhor tem um diploma pela sabedoria que foi outorgada por inspiração divina. Agora ele é feliz e mais feliz será no Céu. Senhor, neste suave cair da noite passeia comigo no jardim e ensina-me a sabedoria da fé.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: