… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sábado, 10 de junho de 2017

10 de junho


C. H. Spurgeon
Leituras Vespertinas
10 de junho

“São elas que de mim testificam.” (Jo 5:39, ARC, Pt)

JESUS CRISTO é o Alfa e a Omega da Bíblia. Ele é o tema constante das suas páginas sagradas. Desde a primeira até à última página, a Bíblia testifica dEle. Na criação, imediatamente O discernimos como parte da sagrada Trindade; nós temos um vislumbre dEle na promessa da semente da mulher. Vemo-Lo tipificado na arca de Noé. Enquanto andamos com Abraão, vemos, como ele, o dia do Messias. Moramos nas tendas de Isaac e de Jacob, enquanto eles se alimentam das misericordiosas promessas. Ouvimos o venerável Israel falando de Shiloh, e nos numerosos tipos da lei, achamos o Redentor claramente anunciado. Profetas e reis; sacerdotes e pregadores, todos têm o olhar num ponto; todos como os querubins sobre a arca, desejam olhar para dentro e ler o mistério da grande propiciação de Deus. Habitualmente é no Novo Testamento onde achamos mais claramente o nosso SENHOR como o único tema dominante. Este tema não é um lingote de ouro aqui e outro acolá ou pó de ouro escassamente espalhado, mas um sólido chão de ouro sobre o qual tu está colocado, pois a inteira substância do Novo Testamento é Jesus crucificado, e até as suas últimas palavras estão cobertas de jóias com o nome do Redentor. Nós deveríamos sempre ler as Sagradas Escrituras a esta luz. Nós deveríamos considerar a Palavra como um espelho no qual Cristo olha desde o Céu, e no qual, olhando nós depois, vemos por “espelho, em enigma,” o Seu rosto refletido obscuramente, é certo, mas, por outro lado, de tal modo que será uma bendita preparação para O contemplarmos quando o veremos cara a cara. Este volume contém as cartas de Jesus Cristo para nós, perfumadas pelo Seu amor. Estas páginas são as roupas do nosso Rei e todas elas exalam mirra, aloés e cássia. A Bíblia é o coche de gala real que Jesus guia, e a qual está pavimentada com amor pelas filhas de Jerusalém. As Escrituras são os cueiros do santo menino Jesus; desdobra-os e tu achas o teu Salvador. A quinta-essência da Palavra de Deus é Cristo.

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: