… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

domingo, 11 de junho de 2017

11 de junho

Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras de
C. H. Spurgeon

11 de junho A GRAÇA COMBATE OS “SES”

Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo,” (1Jo 2:1, ARC, Pt)


O apóstolo diz: “se alguém pecar.“ O “se” poderia ser escrito em letras tão pequenas como quisesses porque a suposição é uma questão de certeza. “Se alguém pecar?” A mão gentil do discípulo amado usa termos muito suaves, pondo-o como um a suposição, como se fora algo assombroso que pecássemos logo depois de tanto amor, misericórdia e bondade. Sem embargo, João sabia muito bem que todos os santos pecam porque ele mesmo declarou que se algum homem disser que não peca, é um mentiroso e não há verdade nele. Os santos ainda são, sem exceção, pecadores. Foi a graça que produziu uma mudança tão grande, que não haveria graça em absoluto, se assim não fosse. É bom advertir esta mudança. O Cristão já não ama o pecado, este é o objeto do seu mais severo horror; ele já não o considera como algo insignificante, nem brinca com ele, nem fala dele com despreocupação. Olha-o como a uma serpente venenosa, cuja própria sombra deve ser evitada. Já não se aventurará mais de maneira voluntária a levar a taça aos seus lábios como o homem que uma vez quase perdeu a sua vida ao beber veneno. O coração do Cristão não dá ânimo ao pecado mesmo que este não se expulse. O pecado pode entrar no coração e lutar pelo domínio, mas não pode ocupar o trono.




A Bíblia, do princípio ao fim, num ano: 1Rs 17-19


 Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: