… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sábado, 17 de junho de 2017

17 de junho


C. H. Spurgeon
Livro de Cheques do Banco da Fé
17 de junho

“Pois o SENHOR, vosso Deus, é o que vai convosco, a pelejar contra os vossos inimigos, para salvar-vos.” (Dt 20: 4, ARC, Pt)

Nós não temos inimigos, exceto os inimigos de Deus. As nossas lutas não são contra os seres humanos, mas contra as maldades espirituais. Nós lutamos contra o diabo, e a blasfémia, e o erro, e o desespero que ele traz para o campo de batalha. Nós lutamos contra todos os exércitos do pecado – a impureza, a embriaguez, a opressão, a infidelidade e a impiedade. Contra estes contendemos ardorosamente, mas não com espada ou lança; as armas da nossa guerra não são carnais.

Jeová, nosso Deus, aborrece tudo o que é mau, e, portanto, Ele acompanha-nos para lutar por nós nesta cruzada. Ele salvar-nos-á, e Ele dar-nos-á graça para pelejarmos uma boa batalha, e alcançarmos a vitória. Contamos com isso, que se estamos ao lado de Deus, Deus está ao nosso lado. Com um aliado tão augusto, nunca o conflito é duvidoso no menor grau. Não é que a verdade seja poderosa e tenha de prevalecer, mas que o poder está com o Pai, que é Todo-Poderoso, com Jesus, que tem todo o poder no Céu e na Terra, e com o Espírito Santo que cumpre a Sua vontade entre os seres humanos.

Soldados de Cristo, cingi a vossa armadura. Atinjamos em cheio o objectivo em nome do Deus da santidade, e pela fé, alcancemos a Sua salvação. Não deixemos passar este dia sem lutar a favor de Jesus e da santidade.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: