… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

domingo, 18 de junho de 2017

18 de junho


C. H. Spurgeon
Livro de Cheques do Banco da Fé
18 de junho

“Agora Me levantarei, diz o SENHOR: agora Me levantarei a Mim mesmo, agora serei exaltado.” (Is 33:10, ARC, Pt)

Quando os saqueadores tinham tornado a terra tão devastada, como se tivesse sido devorada pelas locutas, e os guerreiros que haviam defendido o país sentaram e choraram como mulheres, então o SENHOR veio em seu resgate. Quando os viajantes desapareceram dos caminhos para Sião, e Basan e o Carmelo eram como vinhas que não davam fruto, então o SENHOR levantou-Se. Deus é exaltado no meio de um povo aflito, quando ele busca o Seu rosto e confia nEle. Ele é ainda mais exaltados quando, em resposta aos seus apelos Ele Se engrandece para libertá-los e para derrotar os Seus inimigos.


É um dia de aflição para nós? Agora temos de esperar ver o SENHOR glorificado na nossa libertação. Temo-nos entregue a uma fervorosa oração? Clamamos a Ele dia e noite? Então, o tempo assinalado para a Sua graça está próximo. Deus exalçar-Se-á na ocasião precisa. Ele surgirá quando for mais propício para que a Sua glória seja manifestada. Nós desejamos a Sua glória mais do que anelamos a nossa própria libertação. Que o SENHOR seja exaltado, e assim, o nosso maior desejo é obtido.



SENHOR, ajuda-nos de tal maneira que possamos ver que Tu mesmo estás obrando. Que possamos exaltar-Te no mais íntimo das nossas almas. Faz com que todos ao nosso redor vejam que bom e grande Deus és Tu!

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: