… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

domingo, 18 de junho de 2017

18 de junho

Oswald Chambers
My Utmost for His Highest
18 de junho  CUIDA DE RECONHECER JESUS

“… Pedro … andou sobre as águas, para ir ter com Jesus. Mas, sentindo o vento forte, teve medo…” (Mt 14:29-30, ARC, Pt)

De facto, o vento era forte e as ondas muito altos, porém Pedro, de início, não se apercebeu delas. Ele, de modo algum, lhes prestou atenção; ele, simplesmente reconheceu o seu Senhor, saltou do barco, e “andou sobre as águas.” Nessa altura, ele começou a considerar as coisas ao seu redor, e instantaneamente, ele se afundou. Por que é que Senhor não o capacitou a andar debaixo das ondas, tão bem como por cima delas? Ele podia tê-lo feito, porém, nem uma coisa nem outra poderia ser feita sem que Pedro reconhecesse continuamente o Senhor Jesus.



Nós, apoiados em Deus, poderemos perfeitamente andar sobre algumas coisas, mas, logo que começamos as nossas reflexões pessoais, afundamo-nos. Se, verdadeiramente, estás reconhecendo o teu Senhor, não tens direito algum a preocupares-te como e onde Ele engendra as Tuas circunstâncias. As coisas que te rodeiam são reais, mas quando olhas para elas és imediatamente submergido, e, até mesmo, incapaz de reconhecer Jesus. Então, vem a Sua repreensão “... Por que duvidaste?” (Mt 14:31, ARC, Pt). Sejam quais forem as tuas circunstâncias reais, somente cuida de reconhecer Jesus, mantendo completa confiança nEle



Se discutes que seja por um segundo, quando Deus nos tem falado, está tudo acabado para ti. Nunca comeces a dizer: “Bem, eu pergunto-me se Ele realmente falou comigo?” Sê temerário, imediatamente— totalmente livre e disposto a arriscar tudo— lançando tudo sobre Ele. Não sabes quando ouvirás a Sua voz, mas sempre que tivermos a percepção da voz de Deus, mesmo na forma mais débil que se possa imaginar, sê determinado a ousadamente renunciares de ti próprio, entregando tudo a Ele. É somente através ds entrega de ti mesmo e das tuas circunstâncias que tu O reconhecerás. Apenas reconhecerás a Sua voz mais distintamente através da temeridade— estando disposto a arriscar tudo.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: