… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

terça-feira, 20 de junho de 2017

20 de junho

William MacDonald
Um dia de cada vez
20 de junho

“Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede o de rubins.” (Pv 31:10, ARC, Pt)

O que é o que um marido cristão deseja da sua esposa? O que se segue é uma lista de sugestões. Confio, em que aquele que a leia entenda que é impossível que tudo o que nela se enumera esteja presente numa só mulher.



Em primeiro lugar, deve ser uma mulher piedosa, que não só nasceu de novo mas também tem um sentir espiritual. Põe Cristo no primeiro lugar da sua vida. É uma mulher de oração e é ativa no serviço do Senhor. É uma mulher de caráter e de integridade cristãs a quem o seu marido respeita, e que por sua vez respeita o seu marido.



Toma o lugar de sujeição que Deus lhe deu e ajuda ativamente o seu marido para que tome o seu lugar como cabeça do lar... É fiel aos seus votos matrimoniais... É esposa amorosa e mãe cuidadosa de seus filhos... É pulcra e atrativa; não vai aos extremos no vestido; sabe ser feminina sem ser afetada.



Como esposa ideal é uma boa dona de casa. Aceita que o lar é o seu lugar de ministério, ela mesma o mantém limpo e ordenado. Administra os assuntos do seu lar com eficiência. Serve comidas saborosas regularmente, abre as portas da sua casa aos outros. É orientada pelo seu marido, não vice-versa, e compartilha as mesmas metas e interesses que ele.



Quando surgem diferenças, está disposta a resolvê-las, falando com franqueza dos seus problemas em vez de guardá-los em segredo, pôr má cara ou irritar-se. Se algo tiver feito mal, desculpa-se e reconhece os seus erros.



Não é murmuradora, nem se intromete nos assuntos alheios. Tem um espírito afável e aprazível e não é litigiosa ou critiqueira.



Esta esposa coopera para viver dentro dos limites económicos do marido. Não vive obcecada pelo desejo de possuir coisas luxuosas, e não se afana em excesso para ser mais que os demais. Se for necessário, está decidida a aceitar a adversidade.



Entrega-se alegremente ao seu marido para desfrutarem juntos do dever conjugal sem mostrar-se passiva, insensível ou indiferente.



É digna de toda a confiança. Além disso é otimista, está sempre animada e de bom humor e não a anima o sonho de escalar altas posições na sociedade.



Quando os maridos encontrem estas e outras qualidades nas suas esposas devem estar agradecidos. Elas, por sua vez, podem empregar estas sugestões como ajuda para subirem mais alto.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: