… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 26 de junho de 2017

26 de junho


Oswald Chambers
My Utmost for His Highest

26 de junho  RECORREI À GRAÇA DE DEUS— AGORA

“Nós… vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão.” (2Co 6:1, ARC, Pt)

A graça que tu tiveste ontem não te será suficiente para hoje. A graça é o favor transbordante de Deus, e tu podes contar sempre com ele, como estando disponível para recorreres a ele quando te for necessário. “... Na muita paciência, nas aflições, nas necessidades, nas angústias “— que é onde a nossa paciência é testada (2Co 6:4). Estás nesse ponto, deixaste de confiar na graça de Deus? Estás dizendo para ti mesmo: “Oh, bem, não a terei em conta desta vez?” Não é uma questão de orar e pedir a Deus que te ajude— mas de te apropriares da graça de Deus agora. Nós temos tendência a fazer da oração a preparação para o nosso serviço, mas, na Bíblia nunca é assim. A oração é a prática de se recorrer à graça de Deus. Não digas: “Eu suportarei isto até que eu possa retirar-me e orar.” Ora imediatamente— recorre à graça de Deus no momento da tua necessidade. A oração é a coisa mais normal e útil; não é simplesmente uma ação que reflita a tua devoção a Deus. Somos muito lentos a aprender a recorrer à graça de Deus através da oração.

“... Nos açoites, nas prisões, nos tumultos, nos trabalhos...” (2Co 6:5) — na tua vida, em todas estas coisas, recorre à graça de Deus, o que revelará a evidência para ti mesmo e para os outros que tu és um milagre dEle. Recorre à Sua graça agora, não mais tarde. A palavra principal no vocabulário espiritual é agora. Deixa que as circunstâncias te levem para onde queiram, mas tu continua recorrendo à graça de Deus, seja qual for a condição em que tu te possas encontrar. Uma das maiores provas de que tu estás avançando na graça de Deus é que podes ser totalmente humilhado diante dos outros, manifestando apenas a Sua graça.

“Nada tendo...” Não guardes qualquer coisa em reserva. Deita para fora de ti, dando o melhor que tu tens, e sê sempre pobre. Nunca sejas diplomático e cuidadoso com o tesouro que Deus te dá. “... e possuindo tudo”— esta é a pobreza triunfante (2Co 6:10).


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: