… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quarta-feira, 28 de junho de 2017

28 de junho

William MacDonald
Um dia de cada vez
28 de junho

“Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.” (Mc 16:16, ARC, Pt)

Se este fosse o único versículo nas Escrituras que abordasse o tema, poderíamos concluir, justificadamente, que a salvação se consegue pela fé mais o batismo. Entretanto, há outros 150 versículos mais no Novo Testamento que condicionam a salvação só à fé. Pelo que concluímos que um ou dois versículos como o deste dia, não podem contradizer aos outros 150.



Ainda que o batismo não seja essencial para a salvação, é indispensável como expressão de obediência. A vontade de Deus é que todos os que confiaram no Seu Filho como Senhor e Salvador, se identifiquem publicamente com Ele nas águas do batismo dos crentes.



O Novo Testamento não contempla tal anomalia como a de um crente por batizar. Isto supõe que quando uma pessoa é salva, batizar-se-á. No Livro dos Atos, os discípulos praticavam o que poderíamos chamar o “batismo instantâneo”. Não esperavam até ter um bom grupo, nem um serviço formal nem o confortável cenário de um batistério na igreja, porém, sobre a base da sua profissão de fé, a pessoa era batizada, sem demora.



A sequência entre crer e ser batizado é tão estreita que a Bíblia fala de ambos simultaneamente: “Quem crer e seja batizado.”



No nosso afã por evitar o ensino não bíblico da regeneração batismal, permitimos com frequência que o pêndulo vá muito longe na direção oposta. As pessoas ficam com a ideia equivocada de que em realidade não importa se se batizam ou não. Mas, importa sim.



Ouvimos às vezes a alguém que afirma com muita verbosidade: “para ir para o Céu não preciso de estar batizado”. Geralmente respondo: “Sim, é verdade, você pode ir para o Céu sem ser batizado, mas ficará sem batismo por toda a eternidade”. Não haverá oportunidade para o batismo lá no Céu. Ser batizado é um dos atos nos quais podemos obedecer ao Senhor agora ou nunca.



Todos os que confiaram em Jesus Cristo como Senhor e Salvador não devem pospor o tempo do seu batismo. Deste modo identificam-se com Ele na Sua morte e ressurreição e comprometem-se publicamente a caminhar com Ele em novidade de vida.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: