… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quinta-feira, 29 de junho de 2017

29 de junho

C. H. Spurgeon
Leituras Matutinas
29 de junho




“Assim também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com ele.” (1Ts 4:14, ARC, Pt)

NÃO pensemos que a alma dorme insensivelmente. “Hoje estarás Comigo no paraíso”, é a voz de Cristo para cada santo que expira. Eles “dormem em Jesus”, mas as suas almas estão diante do trono de Deus, louvando-O dia e noite no Seu templo, cantando aleluias Àquele que os lavou dos seus pecados no Seu sangue. O corpo dorme no seu solitário leito terrestre, debaixo da coberta da relva. Mas, o que é este dormir? O dormir sugere-nos a ideia de “descanso”, e é esta a ideia que o Espírito Santo nos quer transmitir. O dormir faz de cada noite um sábado, quer dizer, um descanso para o dia. O dormir fecha hermeticamente as portas da alma e manda a todos os intrusos, que se detenham durante um momento, a fim de que a vida que está no interior possa entrar no seu jardim de descanso de verão. O fatigado crente dorme tranquilo, como o faz o cansado bebé no regaço da sua mãe. Oh! Felizes os que morrem no Senhor; eles descansam dos seus trabalhos, e as suas obras seguem-nos! O seu tranquilo repouso jamais será perturbado até que Deus os levante para lhes dar o seu completo galardão. Guardados pelos anjos custódios, cobertos pelos eternos mistérios, dormem, os herdeiros da glória, até que a plenitude do tempo traga a plenitude da redenção. Que acordar será o deles! Eles foram postos na sua última morada, cansados e gastos, mas eles não se levantarão assim. Eles foram para o seu repouso com rugas na testa e com o rosto envelhecido, mas despertarão em beleza e glória. A semente murcha, tão destituída de forma e de graça, levantará do pó uma bela flor. O inverno da sepultura dá lugar à primavera da redenção e ao verão da glória. Bendita é a morte, porque ela, pelo poder divino, tira-nos a roupa dos dias de trabalho, para nos vestir com o vestido das bodas da incorrupção. Bem-aventurados são aqueles que “dormem em Jesus.”


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: