… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quarta-feira, 7 de junho de 2017

7 de junho


Oswald Chambers
My Utmost for His Highest

7 de junho A MAIOR FONTE DE PODER

“E, tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei…” (Jo 14:13, ARC, Pt)

Estou eu cumprindo este ministério de profunda intercessão no interior dos recessos escondidos do meu ser? Não há nenhuma armadilha, nem qualquer perigo, de modo algum, de sermos enganados ou de mostramos orgulho na verdadeira intercessão. É um ministério oculto que produz frutos através do qual o Pai é glorificado. Estou eu permitindo que a minha vida espiritual se desperdice, ou estou eu focado, trazendo tudo para um ponto central— a expiação do meu Senhor? Está Jesus Cristo cada vez mais dominando cada um dos interesses da minha vida? Se o ponto central, ou a influência mais poderosa da minha vida é a expiação do Senhor, então cada um dos aspectos da minha vida vai dar frutos para Ele.

Entretanto, eu necessito de tempo para compreender o que é este ponto central de poder. Estou disposto a dar um minuto de cada hora para nele me concentrar? “Se vós estiverdes em Mim…”— Isto é, se tu continuares a agir e a pensar, e a trabalhar a partir desse ponto central— “Pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito” (João 15:7, ARC, Pt). Estou nEle? Estou ocupando o tempo para estar nEle? Qual é a maior fonte de poder na minha vida? É o meu trabalho, o meu serviço e o meu sacrifício a favor dos outros, ou é o meu esforço para trabalhar para Deus? Não deve ser nenhuma delas— o que deve exercer o maior poder na minha vida é a expiação do Senhor. O que mais nos molda não é aquilo em que nós gastamos mais tempo, mas tudo o que exerce o maior poder sobre nós. Temos de tomar uma decisão para limitar e concentrar os nossos desejos e interesses na expiação de acordo com a Cruz de Cristo.

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: