… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 10 de abril de 2017

SALMO 28

C. H. Spurgeon
O Tesouro de David
SALMO 28

Diziam os antigos que há um espinho no peito do rouxinol que o faz cantar. As aflições de David dão eloquência ao seu santo Saltério. C. H. S.



Vers. 1. A Ti clamarei, ó Senhor, Rocha minha. Será em vão clamar às rochas no dia do juízo, mas a nossa Rocha escuta os nossos clamores. C. H. S.



É da maior importância que tenhamos um objeto definido onde fixar os nossos pensamentos. “Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes.” Alguém que te está vendo de cima te escuta, prepara-Se para te responder.



Querido leitor, em tempo de tribulação não desvaires, que os teus pensamentos não vão de um lado para outro buscando um ponto onde se fixar. “A Ti clamarei...” Feliz o homem que sente e sabe que quando chega a tribulação não tem de estar perplexo e confuso pelo golpe, por forte que seja. Philip Bennett Power



Rocha minha. “Cristo em Sua pessoa, Cristo no amor do Seu coração e Cristo no poder do Seu braço é a Rocha sobre a qual repousamos.” K. Arvine.



Não emudeças para comigo ou não fiques surdo à minha súplica (BPT, Pt). O Seu silêncio enche de temor ao ansioso suplicante. Que caso tão terrível seria se o Senhor ficasse para sempre silencioso perante as nossas orações! C. H. S.



O que desejamos que Deus nos diga? Queremos que nos faça saber que nos escuta; queremos ouvi-Lo quando nos fala de modo claro a nós, tal como sabemos que nós Lhe falamos. “É-nos dito”, disse Rutherford sobre a demora do Salvador em responder à petição da mulher sirofenícia que “Ele não lhe respondeu uma palavra”, mas não nos é dito que “Ele não ouviu uma palavra.” Cristo escutava, ainda que com frequência não desse resposta. Ele ao não responder é uma resposta (ou dá-nos uma resposta), e diz-nos “Continua orando, continua e clama, porque o Senhor mantém a porta fechada”, não para que fiques de fora, mas para que chames, e chames mais, e então ta abrirá.” Philip Bennett Power



Não suceda, …, que eu me torne semelhante aos que descem à cova (à sepultura, na BPT, Pt). Com horror secreto ouço que alguns blasfemam dos dons inefáveis da Tua graça, e ridicularizam a fé e o ardor dos fiéis, como se fora imbecilidade mental. Temo que insensivelmente eu mesmo me engane até que disfarce a minha timidez culpável com o nome da prudência. Sei que é impossível agradar ao mesmo tempo ao mundo corrupto e ao Deus santo, e, contudo, eu estou perdendo de vista esta verdade. Fortalece-me, ó Senhor, contra estas descaídas tão prejudiciais para a Tua glória, tão fatais para a fidelidade que Te é devida a Ti. Jean Baptiste Massillon, 1663-1742, freely translated by C.H.S.



Vers. 2. Ouve a voz das minhas súplicas ou Escuta as minhas súplicas (BPT, Pt). Uma oração silenciosa pode soar com voz mais alta do que os gritos dos sacerdotes que se esforçavam por despertar a Baal com os seus gritos. C. H. S.



Quando levantar as minhas mãos para o oráculo do teu santuário ou Quando elevo as minhas mãos para o teu santuário (BPT, Pt). Estendemos as nossas mãos vazias porque somos mendigos; levantamo-las porque procuramos provisões celestiais; elevamo-las para o propiciatório de Jesus. C. H. S.



Vers. 3. Não me arremesses com os ímpios ou Não me arrastes com os malfeitores (BPT, Pt). Estes serão arrastados para o inferno, como lenhos lançados no fogo, como fazes numa fogueira. David teme que seja atado num feixe e arrastado para a sua perdição. Os quais falam de paz com os seus próximos, mas a maldade está em seu coração. Palavras brandas, untuosas pelo amor fingido. Seria melhor estar encerrado num poço com serpentes que obrigado a viver entre mentirosos. C. H. S.



O amor fingido é pior que o ódio; a amizade falsificada é pior que uma mentira. “O que encobre o ódio tem lábios falsos, e o que difama é um insensato.” (Pr 10:18, ArC, Pt) ou “O que em si esconde o ódio é um mentiroso; o que espalha a calúnia é um insensato” (Pv 10:18, aBíbliaparatodos). Thomas Watson.



Vers. 4. Retribui-lhes segundo as suas obras e segundo a malícia dos seus esforços; dá-lhes conforme a obra das suas mãos; envia-lhes a sua recompensa ou Recompensa-os segundo as suas obras, segundo a maldade dos seus actos. Retribui-lhes conforme as suas más acções; dá-lhes o que eles merecem (BPT, Pt). Leitor infiel, qual será o teu destino quando o Senhor te julgar? As nossas “intenções” são considerados como se fossem “atos”; julga-lhes tanto a vontade como o fazer, e castiga ou recompensa em consequência conforme as suas obras. C. H. S.



É indubitável que se a carne nos impulsiona a vingar-nos, o desejo é mau à vista de Deus. Ele proíbe as imprecações de mal sobre os nossos inimigos como vingança. O santo profeta não se sente inflamado aqui, pela sua aflição pessoal, a invocar a destruição de seus inimigos, mas pondo de lado o desejo da carne, ajuíza a coisa em seus próprios méritos. Antes que um homem possa clamar pedindo vingança, pois, contra os malvados, primeiro tem de desembaraçar-se de todos os sentimentos impróprios na sua própria mente, algo que acontecia inclusive aos discípulos de Cristo. Em resumo, David, estando livre de más paixões, roga aqui, não em favor da sua própria causa, mas sim por ser a causa de Deus. John Calvin.



Deus grandioso, Tu desde o princípio que Te tens vindo ocupando somente da salvação dos homens. A mesma benevolência para a humanidade requer os Teus trovões contra estes corruptores da sociedade. Os seus labores incessantemente afastam aos homens de Ti, Deus meu, e em justo pagamento Tu os separarás de Ti para sempre e terão a desoladora consolação de serem eles mesmos assim por toda a eternidade. Espantosa necessidade a de Te odiar para sempre! Jean Baptiste Massillon, 1663-1742, freely translated by C.H.S.



Retribui-lhes segundo as suas obras. Medita na justiça de Deus, que não é só a Sua vontade o castigar o pecado, mas é também a Sua natureza. Deus não pode senão aborrecer o pecado, porque é santo; e não pode senão castigá-lo. Deus não pode renunciar à Sua própria natureza para satisfazer os nossos caprichos. Christopher Fowler, in “Morning Exercises,” 1676.



David ora contra os seus inimigos, sendo guiado pelo Espírito infalível da profecia, vendo estes homens como os inimigos de Cristo, e do Seu povo, em todas as idades. David Dickson.



Dá-lhes o que eles merecem (BPT, Pt. Ele destrui-los-á. Portanto, se os verbos em todas estas passagens fossem traduzidos no futuro, ver-se-ia claramente que são, precisamente, profecias dos juízos divinos que já foram executados contra os judeus. George Horne.



Vers. 6. Bendito seja o SENHOR (BPT, Pt). O nosso Salmo foi uma oração até este ponto, e agora ela transforma-se em louvor. Os que oram bem, logo vão louvar bem: a oração e o louvor são os dois lábios da alma; dois altares; dois dos lírios de Salomão. C. H. S.



Vers. 7. O Senhor é a minha força e o meu escudo ou O SENHOR é o meu poderoso protetor (aBíbliaparatodos). Se lhe é acrescentada força, no caso de que a carga se duplique, a força é triplicada, e a carga não será mais pesada, mas mais leve. Se não podemos levar a carga com a nossa própria força, por que não havemos de podê-la levar com a força de Jesus Cristo? Podemos ter a força de Jesus Cristo? Sim, esta mesma força nos é entregue pela fé e, portanto, a força de Cristo é nossa, porquanto tem passado para nós. Sl 28:7; Sl 43:2; Sl 118:14; Is 12:2 Hc 3:19; Col 1:11. Isaac Ambrose.



Pelo que, o meu coração salta de prazer, e com o meu canto o louvarei ou Por isso me sinto feliz e lhe cantarei louvores (BPT, Pt). Louvemos ao Senhor e nos regozijemos nEle. É bom que sejamos mais como a cotovia e menos como o corvo. Quando Deus nos bendiz, nós deveríamos louvá-Lo com todo o nosso coração. C. H.S.



Vers. 8. O Senhor é a força do seu povo ou O SENHOR é o nosso protetor (BPT, Pt). Não a minha somente, mas a força de cada crente. Estamos seguros porque há bastante para todos e para cada um de nós. Matthew Henry.

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: