… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 10 de julho de 2017

10 de julho

Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras de
C. H. Spurgeon
10 de julho CAMINHOS SEGUROS

“O insensato só confia nas suas ideias; quem procede com sabedoria será bem sucedido.” (Pv 28:26, BPT, Pt)

Faz o que Deus te diz, como Deus te diz e porque Deus to diz, e não sofrerás dano algum. O Senhor ordenou a Moisés que agarrasse a serpente da qual ele fugira, ele assim o fez e ela não lhe mordeu. Antes, a serpente converteu-se numa vara que obrou maravilhas. Obedece ao Senhor em todas as coisas. Tem em conta os jotas e os tiles, porque aquele que “que violar um destes mais pequenos mandamentos, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar, será chamado grande no reino dos céus” (Mt 5:19, ARC, Pt).

Também existe a opção de confiar na providência divina com a confiança de um menino. Ditoso o homem que sempre espera em Deus até saber o que deve fazer, que sempre pede ao Senhor que o guie e que não confia no seu próprio entendimento. Busca a direção providencial do Senhor e espera a guia divina. É muito melhor permanecer parado que correr pelo caminho errado. Espera um pouco e busca a direção de Deus, e não te movas até que escutes a voz por detrás de ti que diga: “Este é o caminho a seguir!” (Is 30:21, aBÍBLIAparatodos, Edição Comum, Pt).

E estou seguro de que o caminho do serviço consagrado para a glória de Deus é um desses caminhos seguros. É bom quando um homem diz: “Escolho o meu caminho segundo esta norma: Como posso servir melhor a Deus?” “Em que caminho posso glorificar melhor a Deus?” Esse é o teu caminho para o Céu, Cristão, o caminho no qual o Senhor Se glorifica melhor em ti. Se caminhas por esse caminho estreito, decerto estarás protegido pelo Seu poder soberano.

Através da Bíblia num ano: 2Cr 29-32




 Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: