… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sexta-feira, 14 de julho de 2017

14 de julho

Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras de
C. H. Spurgeon
14 de julho A BELEZA DA HUMILDADE

“Felizes os humildes, porque terão como herança a Terra!” (Mt 5:5, BPT, Pt)

Nas Escrituras descobrirás que as pessoas mais formosas eram as humildes. Recordo só três pessoas de quem as Escrituras dizem que os seus rostos resplandeceram, recorda-las, não é verdade? Primeiramente o Senhor Jesus Cristo, cujo rosto resplandeceu tanto quando desceu do Monte da Transfiguração, que as pessoas vieram correndo para Ele. Quão humilde e simples de coração era Ele! Outro homem cujo rosto resplandeceu foi Moisés, quando desceu do monte da comunhão com Deus, e de quem lemos: “Moisés era um homem muito humilde, mais do que qualquer outro sobre a terra” (Nm 12:3, aBíBLIAparatodos, Edição Comum, Pt). A terceira pessoa cujo rosto resplandeceu foi Estevão, quando esteve diante do conselho e da maneira mais humilde falou do seu Senhor e Mestre. Se queres que o teu rosto resplandeça alguma vez, deves desfazer-te do espírito altivo e orgulhoso, tens de ser humilde, já que o resplendor da luz divina nunca repousará numa fronte onde esteja presente a ira. Sê gentil, aprazível, paciente como o teu Senhor e então Ele far-te-á formoso. O Senhor outorga grande beleza aos Seus filhos que são tranquilos e submissos. Se podes suportar e calar, se podes evitar o pronunciamento duma palavra dura, essa mesma humildade em ti se converte em beleza.

Além disso, Deus embeleza as pessoas humildes com paz. Elas não têm necessidade de ir e pedir perdão ou reparar disputas porque não participam de disputas. Durante a noite não têm de pensar: “De facto dissemos o que não devíamos”, porque não o hão dito. Há uma grande beleza na paz que a humildade produz.

Através da Bíblia num ano: 1Tm 5-6



 Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: