… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 17 de julho de 2017

17 de julho

William MacDonald
Um dia de cada vez
17 de julho

“E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem.” (Gn 12:3, ARC, Pt)

Quando Deus chamou a Abraão para que ele fosse a cabeça do Seu povo escolhido, prometeu abençoar os amigos dessa nação e amaldiçoar os seus inimigos. Nos séculos que se seguiram o povo judeu sofreu inexprimível hostilidade e discriminação, mas Deus não tem suprimido a maldição contra o antissemitismo.

Haman tramou a destruição do povo judeu na Pérsia. Enganou o rei para que assinasse um decreto irrevogável. Por um momento tudo pareceu mover-se a seu favor, mas logo começaram a surgir escolhos. O grande conspirador precipitou-se de fracasso em fracasso até que finalmente foi pendurado da forca que tinha construído para Mardoqueu, o judeu.

Adolfo Hitler não aprendeu a história e foi condenado a repeti-la. Inaugurou um atroz programa para varrer os judeus em campos de concentração, câmaras de gás, fornos crematórios e execuções maciças. Parecia que nada o podia deter. Contudo, a maré então mudou e ele morreu ignominiosamente com a sua amante num bunker do Berlim.

O antissemitismo alcançará o seu mais horrendo clímax durante a Grande Tribulação. Os judeus serão entregues para ser afligidos e assassinados; as nações gentias aborrecê-los-ão. Grandes multidões de judeus serão massacradas. Mas isto interromper-se-á com a vinda pessoal do Senhor Jesus Cristo. Aqueles que perseguiram o Seu povo serão destruídos e os que ofereceram a sua amizade aos irmãos judeus de Cristo entrarão no Reino.

Nenhum crente verdadeiro deve permitir jamais que a sua alma se polua com o rasto de algum antissemitismo. O nosso Senhor, o nosso Salvador, o nosso melhor e verdadeiro Amigo foi e é um judeu. Deus comissionou o povo judeu para que escrevesse e preservasse as Escrituras. Ainda que Deus tenha posto de lado temporariamente a nação judia por rechaçar o Messias, ainda ama a Israel por causa dos Pais. Ninguém que odeie os judeus pode esperar a bênção de Deus na sua vida e no seu serviço.

“Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam.” (Sl 122:6, ARC, Pt) Todos os que amam o povo judeu prosperarão.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: