… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 17 de julho de 2017

17 de julho

C. H. Spurgeon
Leituras Matutinas

17 de julho

“Sabendo, amados irmãos, que a vossa eleição é de Deus.” (1Ts 1:4, ARC, Pt)

MUITAS pessoas querem conhecer a sua eleição antes de olharem para Cristo, mas, procedendo assim, elas não a podem conhecer, pois ela só se conhece “olhando para Jesus.” Se tu desejas certificar-te da tua própria eleição, certificarás o teu coração diante de Deus seguindo estas indicações: Sentes-te um perdido e culpado pecador? Vai imediatamente à cruz de Cristo e confessa-o a Jesus, e diz-Lhe que na Bíblia tens lido: “O que vem a Mim de maneira nenhuma o lançarei fora.” Diz-Lhe que Ele disse no Seu Livro: “Esta é uma palavra fiel e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores.” Olha para Jesus e crê nEle, e tu provarás diretamente a tua eleição, porque se tu crês, tu és eleito. Se te entregas completamente a Cristo e confias nEle, então tu és um dos escolhidos de Deus. Mas se te deténs e dizes: “Primeiro quero saber se sou eleito”, não sabes o que pedes. Vai para Jesus tal qual és. Deixa toda a indagação curiosa acerca da eleição. Vai diretamente para Cristo e esconde-te nas Suas feridas, e assim conhecerás a tua eleição. O Espírito Santo dar-te-á a certeza, de modo que possas dizer: “Eu sei em quem tenho crido e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito.” Cristo estava no eterno conselho. Ele pode dizer-te se tu és ou não eleito. Mas tu por nenhum outro meio o podes saber. Vai e põe a tua confiança nEle, e a Sua resposta será a seguinte: “Com amor eterno te amei; também com amável benignidade te atraí.” Não terás dúvidas de que Ele te escolheu a ti, quando tu o escolhas a Ele.

“Somos filhos por causa de eleição de Deus,
Aqueles que em Jesus Cristo crêem.”


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: