… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quarta-feira, 19 de julho de 2017

19 de julho

C. H. Spurgeon
Livro de Cheques do Banco da Fé

19 de julho


“O ferro e o metal será o teu calçado; e a tua força será como os teus dias.” (Dt 33:25, ARC, Pt)

Aqui há duas coisas preparadas para o peregrino: calçado e força.

Quanto ao calçado: é muito necessário para viajar por caminhos acidentados e para pisar inimigos mortais. Não andaremos descalços —isto não seria conveniente para príncipes de sangue real. O nosso calçado não será absolutamente do tipo comum, porque terá solas de metal durável, que não se desgastarão até mesmo se a viagem for com grande extensão e difícil. Teremos protecção que será proporcionada às necessidades do caminho e da batalha. Portanto, prossigamos a nossa marcha com ousadia, não temendo mal algum, ainda que pisemos serpentes, ou ponhamos os nossos pés sobre o próprio Dragão.

Quanto à força: a nossa força continuará enquanto os nossos dias se prolongarem, e será proporcional à pressão e à carga desses dias. As palavras são poucas, ‘e a tua força será como os teus dias’, mas o significado é completo. Neste dia podemos esperar provações e trabalho(s) que requererão energia, contudo, com igual confiança, podemos esperar uma força equivalente. Esta palavra dada a Aser, é-nos também dada a nós, se tivermos fé para dela nos apropriarmos. Actuemos em conformidade com a santa intrepidez que deve ser gerada por esta promessa no coração do crente.




Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: