… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sábado, 22 de julho de 2017

22 de julho

Oswald Chambers
My Utmost for His Highest
22 de julho  A SANTIFICAÇÃO(1)

“Esta é a vontade de Deus: a vossa santificação ...” (1Ts 4:3, ARC, Pt)

O Lado da Morte. Na santificação, Deus tem de tratar connosco tanto do lado da morte, como também do lado da vida. A santificação requer a nossa vinda para o local da morte, mas muitos de nós passamos tanto tempo lá que nos tornamos mórbidos. Há sempre uma tremenda batalha antes da santificação ser realizada— algo dentro de nós impele com ressentimento contra as exigências de Cristo. Quando o Espírito Santo começa a mostrar-nos o que significa a santificação, a luta começa imediatamente. Jesus disse: “Se alguém vier a Mim, e não aborrecer … a sua própria vida, não pode ser Meu discípulo.” (Lc 14:26, ARC, Pt)

No processo de santificação, o Espírito de Deus despojar-me-á de tudo até que não sobre nada além de “eu mesmo”, e que é o lugar da morte. Estou disposto a ser “eu mesmo” e nada mais? Estou disposto a não ter amigos, nem pai, nem irmão, e nem interesses pessoais— simplesmente a estar pronto para morrer? Essa é a condição necessária para a santificação. Não admira que Jesus dissesse: “Eu não vim trazer paz, mas espada” (Mt 10:34, ARC, Pt). É aqui onde a batalha começa, e onde muitos de nós vacilamos. Nós recusamo-nos a estarmos identificados com a morte de Jesus Cristo neste ponto. Nós dizemos: “Mas isso é tão rigoroso. Certamente Ele não exige isso de mim.” Nosso Senhor é rigoroso, e Ele exige isso de nós.

Estou eu disposto a reduzir-me até ser simplesmente apenas “eu mesmo”? Estou eu suficientemente determinado a despojar-me de tudo o que os meus amigos pensam de mim, e de tudo o que eu penso de mim mesmo? Estou eu disposto e determinado a entregar o meu “eu” simples e puro a Deus? Logo que eu estou, Ele imediatamente me santificará completamente, e a minha vida estará livre de ser determinada e persistente para qualquer outra coisa exceto para Deus (vê I Tessalonicenses 5:23-24).


Quando eu orar: “Senhor, mostra-me o que significa a santificação para mim:” Ele mostrar-me-á. Isto significa ser feito um com Jesus. A santificação não é algo que Jesus põe em mim— é Ele mesmo em mim (vê I Coríntios 1:30).



Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: