… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

30 de setembro

Oswald Chambers 
My Utmost for His Highest
30 de setembro A ATRIBUIÇÃO DA CHAMADA

“Regozijo-me agora no que padeço por vós, e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja ...” (Cl 1:24, ARC, Pt)

Nós recebemos a nossa própria consagração espiritual e tentamos transformá-la numa chamada de Deus, porém, quando nos pomos de bem Ele, Ele varre tudo isso para longe. Então, Ele administra-nos uma dor terrível para prender a nossa atenção em algo que nós nunca sonharíamos sequer que poderia ser a Sua chamada para nós. E num instante radioso e cintilante vemos o Seu propósito, e dizemos: “Eis-me aqui, envia-me a mim” (Is 6:8, ARC, Pt).

Esta chamada não tem nada a ver com a santificação pessoal, mas com o convertemo-nos em pão partido e em vinho derramado. Contudo, Deus nunca poderá tornar-nos em vinho se pusermos objeções aos dedos que Ele usa para nos esmagar. Nós dizemos: “Se Deus usasse somente os Seus próprios dedos, e me convertesse em pão partido e vinho derramado de uma maneira especial, então eu não me oporia!” Mas quando Ele usa alguém de que não gostamos, ou um conjunto de circunstâncias às quais dizemos que jamais nos submeteremos, para nos esmagar, então, opomo-nos. Além disso, nunca devemos tentar escolher o lugar do nosso próprio martírio. Se nós vamos ser transformados em vinho, teremos de ser esmagados— as uvas não se podem beber. As uvas transformam-se em vinho apenas quando forem espremidas.

Eu pergunto-me, que dedo indicador ou que dedo polegar tem Deus usado para te espremer? Tens tu sido tão duro como o mármore e foges? Se tu ainda não estás maduro, e se Deus te tivesse espremido de qualquer maneira, o vinho produzido teria sido extremamente amargo. Para se ser uma pessoa santa significa que os elementos da nossa vida natural experimentem a presença de Deus enquanto eles são providencialmente partidos para o Seu serviço. Temos de estar firmados em Deus e de ser conduzidos em conformidade com Ele, antes que possamos ser pão partido em Suas mãos. Mantém uma correta comunhão com Deus e deixa-O fazer o que Ele quiser, e descobrirás que Ele está produzindo a espécie de pão e de vinho que irá beneficiar os Seus outros filhos.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: