… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

17 de outubro

Oswald Chambers 
My Utmost for His Highest
17 de outubro A CHAVE DAS OBRAS MAIORES

“[Eu, Jesus] vos digo que, aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas; porque eu vou para meu Pai.” (Jo 14:12, ARC, Pt)

A oração não nos prepara para obras maiores— a oração é a obra maior. No entanto, pensamos na oração como um exercício de bom senso dos nossos poderes mais elevados, que simplesmente nos preparam para a obra de Deus. Nas doutrinas de Jesus Cristo, a oração é a operação do milagre da redenção em mim, a qual produz o milagre da redenção noutras pessoas através do poder de Deus. A maneira do fruto permanecer firme é através da oração, mas lembra-te que a oração é baseada na agonia redentora de Cristo, e não na minha própria agonia. Devemos ir a Deus como Seus filhos, porque unicamente uma criança obtém resposta às suas orações; um homem “sábio” nunca o receberá (vê Mt 11:25).

A oração é a batalha, e não importa onde estás. Deus pode engendrar as tuas circunstâncias, de qualquer maneira, o teu dever é orar. Nunca toleres a ti mesmo este pensamento: “Eu não sou de nenhuma utilidade onde estou”, porque tu certamente não podes ser usado onde ainda não estás. Seja aonde for e sejam quais forem as circunstâncias nas quais Deus te tenha posto, tu deves orar, oferecendo-Lhe orações continuamente. E Ele promete: “E, tudo quanto pedirdes em Meu nome, Eu o farei…” (Jo 14:13, ARC, Pt). No entanto, recusamo-nos a orar, a menos que isso nos arrebate ou nos provoque excitação, que é a forma mais intensa de egoísmo espiritual. Temos de aprender a trabalhar de acordo com a direção de Deus, e Ele diz que oraremos. “Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara.” (Mt 9:38, ARC, Pt).

No trabalho de um operário não há nada de emocionante, porém, é o operário que torna possíveis as concepções do génio. E é o operário crente que torna possíveis as ideias do seu Mestre. Quando tu trabalhas em oração, segundo a perspectiva de Deus, há sempre resultados. Que surpresa será para ti veres, logo que o véu é finalmente levantado, todas as almas que foram segadas por ti, simplesmente porque tu tens o hábito de receber as tuas ordens de Jesus Cristo!


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: