… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

terça-feira, 18 de outubro de 2016

18 de outubro


Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras 
de
C. H. Spurgeon
18 de outubro – LIBERDADE DE MOVIMENTOS

Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio Senhor ele está em pé, ou cai; mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar.” (Rm 14:4, ARC, Pt)

Se todos estamos sob a autoridade do mesmo Senhor, então não discutamos. É penoso que os ministros se critiquem uns aos outros e que os professores de Escolas Dominicais façam o mesmo. É uma atitude miserável não poder suportar ver o bem que têm feito outras denominações diferentes da nossa que têm outro estilo de trabalho. Se um novo lavrador chega ao campo e usa uma jaqueta de um corte diferente e um picão com uma forma distinta, devo converter-me em seu inimigo? Se faz o seu trabalho melhor do que eu faço o meu, devo sentir-me ciumento?

Irmão, se o grande Senhor te empregou, não tens por que questionar o que Ele faz. Quiçá eu não goste de como te vês e não sei como poderei trabalhar contigo, mas se o Senhor te empregou, eu não tenho direito a julgar-te, porque me atreveria a afirmar que te pareço tão estranho como tu te pareces para mim. Se se inventarem novos métodos de pregar o evangelho, deixa que os irmãos os usem; e se não os podemos imitar, sintamos ao menos que ainda somos um só, porque “um é o nosso Senhor, Jesus Cristo.”

A Bíblia, do princípio ao fim, num ano: Is 13-16

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: