… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

21 de outubro


C. H. Spurgeon
Leituras Vespertinas
21 de outubro
“Por que estais perturbados, e por que sobem tais pensamentos ao vosso coração?” (Lc 24:38, ARC, Pt)

“Por que, pois, dizes, ó Jacob, e tu falas, ó Israel: O meu caminho está encoberto ao SENHOR, e o meu juízo passa de largo pelo meu Deus?” O Senhor toma cuidado de todas as coisas, tanto que ainda a criatura mais insignificante participa da Sua providência universal; mas o Seu cuidado particular está sobre os Seus Santos. “O anjo do SENHOR acampa-Se ao redor dos que O temem, e os livra.” “E precioso será o seu sangue aos olhos dEle.” “Preciosa é à vista do SENHOR a morte dos Seus santos.” “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por Seu decreto.” Que o fato de que Ele ainda é o Salvador de todos os homens, Ele é, especialmente, o Salvador daqueles que crêem, te anime e te conforte. Tu és o objeto do Seu peculiar cuidado; és o Seu tesouro real, o qual Ele cuida como às meninas dos Seus olhos; és a Sua vinha, que Ele guarda de dia e de noite. “E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.” Que o pensamento do Seu especial amor para contigo seja um lenitivo espiritual, um precioso golpe final para as tuas aflições “Não te deixarei nem te desampararei.” Deus diz isto tanto para ti como para qualquer dos santos da antiguidade. “Não temas, Eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão.” Nós perdemos muita consolação porque através do hábito de lermos as Suas promessas as relacionamos com a Igreja como um todo, em vez de as relacionarmos connosco particularmente. Crente, agarra firmemente a Divina Palavra com uma fé pessoal. Pensa que ouves Jesus dizer-te: “Eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça.” Pensa em que O vês andar sobre as águas do teu problema, porquanto Ele está ali e diz-te: “Tem bom ânimo, sou Eu; não temas.” Oh, quão graciosas são estas palavras de Cristo! Que o Espírito Santo faça com que as sintas como dirigidas a ti. Esquece, por um instante, qualquer outra palavra. Aceita a palavra que Jesus te dirige e te diz: “Jesus dá consolo; eu não posso recusá-lo; sentar-me-ei à Sua sombra com grande deleite.”


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.


Tenho deixado os meus leitores desfrutarem das publicações inéditas que vou apensando diariamente no meu blogue. Casualmente verifiquei que as Meditações Matutinas e Vespertinas de C. H. Spurgeon que eu traduzi estão publicadas quase ipsis verbis no Brasil, sem indicação do autor, ao preço de R$45,00 e em Portugal a €19.99 EUR!!!

Que roubalheira!!!

Isto dói e não é sério nem cristão.

Carlos

Sem comentários: