… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

26 de outubro


C. H. Spurgeon
Livro de Cheques do Banco da Fé
26 de outubro
“Mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.” (Mt 24:22, ARC, Pt)

Por amor aos Seus escolhidos o SENHOR suspende muitos juízos e encurta outros. Em grandes tribulações tudo seria consumido se o SENHOR não apagasse a chama, em consideração pelos Seus escolhidos. Assim, enquanto salva os Seus eleitos por amor de Jesus, também preserva a humanidade por causa dos Seus escolhidos.

Que dignidade está posta assim sobre os santos! Como deviam usar diligentemente a sua influência junto do SENHOR! Ele ouvirá as suas orações a favor dos pecadores e abençoará todos os esforços que se façam para que sejam salvos. Ele abençoa os crentes, a fim destes servirem de bênção para os que ainda são incrédulos. Muitos pecadores vivem por causa das orações duma mãe, ou duma esposa, ou duma filha, por quem o SENHOR tem consideração.

Temos usado correctamente o singular poder que o SENHOR nos confiou? Oramos pela nossa Pátria, pelos outros países, e pela nossa geração? Em tempo de guerra, fome ou pestilência, mantemo-nos como intercessores e rogamos que os dias sejam abreviados? Lamentamos, diante de Deus o desenvolvimento da descrença, do erro, e da licenciosidade? Suplicamos ao nosso SENHOR Jesus que abrevie o reino do pecado apressando a Sua Vinda gloriosa? Ajoelhemo-nos e não deixemos de orar até à Vinda de Cristo.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: