… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

31 de outubro

Oswald Chambers 
My Utmostfor His Highest
31 de outubro A PROVA DA FÉ

“Se tiverem fé como um grão de mostarda... E nada vos será impossível!” (Mt 17:20 ARC, Pt)

Nós temos a ideia de que Deus nos recompensa pela nossa fé e assim pode ser na sua etapa inicial, mas não ganhamos nada por meio dela. A fé põe-nos na relação correta com Deus e dá-Lhe a oportunidade de operar. Contudo, com frequência, Deus tem de derrubar a tua experiência como a um dos Seus santos, a fim de conseguir que entres em contacto direto com Ele. O Senhor deseja que entendas o que é uma vida de fé, não uma vida de gozo devido às Suas bênçãos. O princípio da tua vida de fé foi estreito e intenso, centrado ao redor de uma pequena quantidade de experiência que tinha tanta emoção como fé, cheia de luz e de doçura. Em seguida Deus retirou as Suas bênçãos cônscias para te ensinar a “andar por fé” (II Coríntios 5:7). E agora és de muito mais valor para Ele do que em teus dias de deleite consciente e de testemunho emocionante.

Por sua própria natureza, a fé deve ser testada e provada; e a verdadeira prova da fé consiste não em que achemos difícil confiar em Deus, mas que o caráter do Senhor deve ser provado como digno de confiança nas nossas próprias mentes. Quando a fé se está desenvolvendo, na verdade, deve passar por períodos de contínuo isolamento. Nunca confundas a prova da fé com a disciplina comum da vida, porque muito do que nós chamamos a prova da fé é o resultado inevitável de estarmos vivos. A fé, como a Bíblia ensina, é a fé em Deus que se opõe a tudo aquilo que O contradiz; uma fé que declara: “Permanecerei fiel ao caráter de Deus sem importar o que Ele faça.” A declaração de fé mais importante e mais notável em toda a Bíblia é: “Ainda que Ele me mate, nEle esperarei” (Job 13:15).


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: