… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

6 de outubro

Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras 
de
C. H. Spurgeon
6 de outubro – AO TRABALHO PARA CRISTO
“E, por esta causa, os judeus perseguiram a Jesus, e procuravam matá-lo, porque fazia estas coisas no sábado. E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.” (Jo 5:16-17; ARC, Pt)
Penso que uma igreja forte é uma instituição muito valiosa, mas sempre tenho rechaçado a ideia de que tudo o que tens de fazer é sentares-te num banco domingo após domingo e escutar-me, e a alguns de vocês lhes hei falado com o propósito de não vê-los com tanta frequência. Não quero vê-los, porque sei que estão servindo ao Mestre em outra parte. Há alguns dos nossos irmãos que só vêm à igreja para a Santa Ceia, por quê? Porque estão servindo em outros lugares de uma ou de outra forma. São os melhores membros que temos e não riscamos os seus nomes da lista porque não assistem com frequência. Estão trabalhando em alguma missão, ou procurando abrir um novo lugar de pregação, ou fazendo alguma outra coisa para o Mestre. Deus os abençõe! Esta é a maior bênção que podes ter, no momento em que encontras a luz e te dás conta que o mundo está em escuridão, corres e passas a outro o facho. Se fores a outra pessoa e lhe dizes: «Não terei menos luz por te dar um pouco a ti», Deus, o Espírito Santo, derramará sobre ti novos fachos de luz e brilharás cada vez mais até que o dia seja perfeito.

A Bíblia, do princípio ao fim, num ano: 1Pe 1-2


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: