… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

27 de outubro



C. H. Spurgeon
Livro de Cheques do Banco da Fé
27 de outubro

“Os Seus servos O servirão. E verão o Seu rosto, e nas suas testas estará o Seu nome.” (Ap 22:3-4, ARC, Pt)

Na Mansão da Glória desfrutaremos de três bênçãos excelentes.

“Seus servos O servirão.” Não nos oprimirão outros senhores, nem qualquer outro serviço nos afligirá. Serviremos sempre a Jesus, perfeitamente, sem fadiga e sem erro. Para um santo, o Céu consiste nisto: servir o SENHOR Jesus Cristo em todas as coisas, e ser reconhecido por Ele como Seu servo é a mais alta ambição da nossa alma por toda a eternidade.

“E verão Seu rosto.” Isto torna o serviço agradável: é, na verdade, o galardão presente do serviço. Conheceremos o nosso SENHOR, porque O veremos como Ele é. O maior favor que um servo fiel pode pedir a Deus é ver o rosto de Jesus. Que mais poderia pedir Moisés do que isto: “Mostra-me a Tua face?”

“E nas suas testas estará o Seu nome.” Os santos ficam a olhar fixamente para o seu SENHOR, até que o Seu nome é fotografado nas suas testas. Eles são reconhecidos por Ele, e eles reconhecem-No. O sinal secreto da graça interior torna-se a pouco a pouco visível no rosto daquele que vive em íntima comunhão com Cristo.

Oh, SENHOR, concede-nos estas três coisas, nos seus começos na Terra, para que as possamos possuir em plenitude na Tua Mansão da Glória!

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: