… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

2 de novembro



William MacDonald
Um dia de cada vez
2 de novembro
“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.” (1Co 15:58, ARC, Pt)

Não é raro que uma pessoa se desanime no serviço do Senhor e tente deixá-lo. Suponho que a maioria de nós temos enfrentado essa tentação uma ou outra vez. Por conseguinte, com o versículo de hoje eu gostaria de falar de quatro passagens que foram um tremendo estímulo para mim e que me guardaram de abandonar o serviço.

O primeiro é Isaías 49:4, “Porém eu disse: debalde tenho trabalhado, inútil e vãmente gastei as minhas forças; todavia o meu direito está perante o SENHOR, e o meu galardão perante o meu Deus.” (Is 49:4, ARC, Pt). Há momentos, felizmente poucos, quando os anos de serviço para o Senhor parecem evaporar-se em nada. Todo o nosso trabalho parece ter sido um esforço desperdiçado. Pelo que se vê, trata-se de outro caso de perda de um trabalho feito em amor. Mas, não é assim! O nosso versículo assegura-nos que a justiça de Deus nos recompensará regiamente. Nada do que se faz para Ele jamais é em vão.

A segunda passagem é Isaías 55:10-11, “Porque, assim como desce a chuva e a neve dos céus, e para lá não tornam, mas regam a Terra, e a fazem produzir, e brotar, e dar semente ao semeador, e pão ao que come, assim será a Minha palavra, que sair da Minha boca; ela não voltará para Mim vazia, antes fará o que Me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.” (Is 55:10-11, ARC, Pt). Aqueles que estão ocupados a distribuir a Palavra viva de Deus têm o êxito assegurado. Os resultados estão garantidos. A Sua Palavra é irresistível. Assim como os exércitos do mundo são impotentes para impedir que caia a chuva e a neve, do mesmo modo também todas as hostes de demónios e todos os homens são igualmente incapazes de impedir que a Palavra avance e revolucione vidas humanas. Estamos do lado dos vencedores.

Há um extraordinário estímulo em Mateus 10:40, “Quem vos recebe, a Mim Me recebe; e quem Me recebe a Mim, recebe Aquele que Me enviou.” (Mt 10:40, ARC, Pt) Já foste desprezado alguma vez por causa do teu testemunho Cristão? Fugiram de ti? Riram-se de ti? Insultaram-te ou alguém te fechou a porta na cara? Bem, não o tomes como algo pessoal. Ao rechaçar-te, na verdade, as pessoas estão rechaçando o Salvador. A maneira como as pessoas te tratam é o modo como tratam o Senhor. Que maravilhoso é estar tão estreitamente vinculado com o Filho de Deus!

O último versículo é I Coríntios 15:58. Paulo tinha estado expondo a verdade da Ressurreição. Se esta vida fosse tudo quanto há, então o nosso trabalho seria em vão. Não obstante, para lá da sepultura está a glória eterna. Tudo o que se faz no Nome do Senhor será então recompensado. Nenhum serviço de amor terá sido infrutífero ou inútil.

O serviço Cristão é a mais gloriosa de todos as vocações. Nunca haverá uma razão válida para abandoná-la. Os estímulos e o ânimo que nos oferece a Palavra de Deus são suficientes para guardar-nos de nos voltarmos para atrás.



Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: