… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

domingo, 27 de novembro de 2016

27 de novembro


C. H. Spurgeon
Leituras Matutinas
27 de novembro
“O sumo sacerdote Josué, o qual estava diante do anjo do SENHOR.” (Zc 3:1, ARC, Pt)

EM Josué, o sumo sacerdote, vemos uma imagem de todos os filhos de Deus, os quais foram feitos próximos pelo sangue de Cristo e foram ensinados a ministrar nas coisas santas e a entrar até dentro do véu. Jesus tem-nos feito reis e sacerdotes para Deus, e até aqui, na Terra, exercemos o sacerdócio de uma vida consagrada, e de um serviço santificado. Mas, é dito que este sumo sacerdote “o qual estava diante do anjo do SENHOR”, isto é, estava para ministrar. Esta deveria ser a perpétua posição de todo o verdadeiro crente. Cada lugar é agora o templo de Deus, e o Seu povo pode servi-Lo tanto nas suas ocupações diárias como na Sua casa. Eles estão sempre “ministrando”, oferecendo sacrifícios espirituais de oração e de louvor, e apresentando-se a eles mesmos como um “sacrifício vivo.” Mas, observa onde estava Josué para ministrar: “estava diante do anjo do SENHOR.” É só por meio de um mediador que nós, impuros pecadores, podemos chegar a ser sacerdotes para Deus. O que eu tenho apresento-o diante do mensageiro, o anjo do pacto, o Senhor Jesus; e por meio dEle as minhas orações, envoltas nas suas, são aceites, e os meus louvores tornam-se agradáveis ao serem atadas com os molhos de mirra, de aloés e de cássia do jardim de Cristo. Se não Lhe posso levar outra coisa que as minhas lágrimas, Ele pô-las-á com as Suas no Seu frasco, pois, também Ele chorou uma vez. Se não Lhe posso levar outra coisa que os meus gemidos e os meus suspiros, Ele aceitá-los-á como sacrifício aceitável, pois, também uma vez Ele sentiu quebrantado o Seu coração e gemeu profundamente em espírito. Eu mesmo, estando diante dEle, sou aceite no Amado; e todas as minhas obras polutas, ainda que em si mesmas só merecem o aborrecimento divino, são, entretanto, recebidas de tal maneira que Deus percebe nelas um perfume agradável. Ele está satisfeito e eu sou abençoado. Compreende, então, a posição do Cristão, é “um sacerdote diante do anjo do SENHOR.”

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Tenho deixado os meus leitores desfrutarem das publicações inéditas que vou apensando diariamente no meu blogue. Casualmente verifiquei que as Meditações Matutinas e Vespertinas de C. H. Spurgeon que eu traduzi estão publicadas quase ipsis verbis no Brasil, sem indicação do autor, ao preço de R$45,00 e em Portugal a €19,99 EUR!!!
Que roubalheira!!!
Isto dói e não é sério nem cristão.
Carlos

Sem comentários: