… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

7 de novembro

Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras de
C. H. Spurgeon
7 de novembro – ESCOLHE

“Nenhum servo pode servir dois senhores.” (Lc 16:13, ARC, Pt)

Ai, homem imundo, como podes sonhar com a salvação quando estás cheio de imundície? O quê? Tu e a tua rameira, membros de Cristo! Ai, não conheces o meu puro e santo Salvador. Ele recebe os pecadores, mas rechaça aos que se deleitam nas suas iniquidades. Para seres limpo da culpa do pecado tens de deixar de ser indulgente perante ele. Não podes continuar nas tuas transgressões e manter a tua salvação, esta é uma pressuposição licenciosa. Cristo veio para nos salvar dos nossos pecados, não para que estejamos seguros enquanto fazemos o mal. O sangue que lava as nossas manchas também traz como consequência o ódio para com aquelas coisas que provocaram essas manchas. Se não rechaçarmos o pecado, não receberemos a salvação.

Agora falo com muita franqueza sobre este tema, mas aqui há alguns de coração puro que não sabem bem quão claro devemos falar para despertar certas consciências, pois sinto vergonha ao ver que ano após ano alguns se deleitam num pecado oculto e, não obstante, assistem com frequência na casa de Deus. Tu pensarias ao vê-los ali que estão convertidos ou que logo o estarão mas, se os seguisses até às suas casas, assombrar-te-ias com o que verias. Ai, amantes do pecado, não se enganem a vós mesmos pois, com toda segurança, colhereis o que semeais. Como pode reinar a graça em vocês se sois escravos das vossas próprias paixões? Como é possível, enquanto estejais ancorados num pecado oculto, que sejais renascidos mediante a graça para um estado de segurança? Se não abandonas o teu pecado, podes abandonar toda a esperança de ires para o Céu; se insistes no teu pecado, o inferno apanhar-te-á para sempre. Que Deus nos livre a todos do amor pelo pecado, porque tal libertação é a salvação.

A Bíblia, do princípio ao fim, num ano: Jr 21-24



Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: