… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

22 de dezembro


C. H. Spurgeon

Leituras Matutinas

22 de dezembro
“Eu te fortaleço.” (Is 41:10, ARC, Pt)

DEUS conta com uma importante reserva de forças para cumprir com os Seus compromissos, pois Ele pode fazer todas as coisas. Crente, até que não esgotes o oceano da omnipotência, até que não quebres em pedaços as elevadas montanhas da Sua força toda-poderosa, não tens necessidade de temer. Nem penses que a força do homem poderá alguma vez vencer o poder de Deus. Enquanto a Terra permaneça nos seus imensos suportes, tens motivo suficiente para estares firme na tua fé. O mesmo Deus que faz girar a Terra na sua órbita, que mantém aceso o fogo do Sol e que põe em boa ordem as lâmpadas do céu, prometeu dar-te diariamente as forças de que necessitas. Enquanto Ele é capaz de sustentar o universo, não temas de que Ele Se revele incapaz de cumprir com as Suas próprias promessas. Recorda o que Ele fez nos dias da antiguidade, nas gerações passadas. Recorda como Ele falou e foi feito, como Ele mandou e ficou firme. Ele, que criou o mundo, fatigar-se-á? Ele que pendura o globo sobre o nada. Ele que fez isto, será incapaz de sustentar os Seus filhos? Deixará Ele de cumprir a Sua palavra por falta de poder? Quem é o que detém a tempestade? Não é Ele o que cavalga sobre as asas do vento, e que faz das nuvens os Seus carros triunfais, e tem o oceano na concha da Sua mão? Como, pois, pode Ele faltar-te? Já que Ele pôs na Sua Palavra uma promessa tão fiel como esta, por que desejas dar cabimento, por um momento, na tua mente, ao equivocado pensamento de que Ele prometeu mais do que podia, e que nas Suas promessas foi além do que pode cumprir? Ah, não! Tu não podes duvidar mais.

Oh Tu, que és o meu Deus e a minha fortaleza, eu creio que esta promessa cumprir-se-á, pois os ilimitados reservatórios da Tua graça nunca ficarão exaustos, e os transbordantes depósitos do Teu poder nunca poderão ser esvaziados pelos Teus amigos ou roubados pelos Teus inimigos!

“Agora, que todos os fracos sejam fortes,
E que façam do braço de Jeová a sua canção.”


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: