… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

23 de dezembro


C. H. Spurgeon

Leituras Vespertinas
23 de dezembro
“Tua é a noite.” (Sl 74:16, ARC, Pt)

SIM, Senhor, Tu não desistes do Teu trono quando o Sol se põe, nem abandonas o mundo nas longas noites de inverno, para que ele seja vítima do mal. Os Teus olhos observam-nos como as estrelas e os Teus braços cercam-nos como o zodíaco rodeia o céu. O orvalho do sono suave e de todas as influências da lua está nas Tuas mãos, e tanto os alarmes e as solenidades da noite são a mesma coisa para Ti. Isto alenta-me muito quando velo nas primeiras horas da noite ou quando em aflição sou arremessado pra lá e pra cá. Há frutos preciosos produzidos tanto pela lua como pelo sol. O meu Senhor pode fazer que eu seja um favorecido participante deles.

Tanto a noite de aflição como os dias de verão, quando tudo é alegria, estão sob a providência e cuidado do Senhor do Amor. Jesus está na tempestade. O Seu amor envolve a noite como um manto, mas para os olhos da fé o manto negro é apenas um disfarce. Desde a primeira vigília da noite até ao amanhecer, o eterno Guarda observa os Seus santos e dirige as sombras e o orvalho da noite para o bem maior dos Seus. Nós não cremos em divindades do bem e do mal, que lutam pelo domínio, porém nós ouvimos a voz do SENHOR dizendo: “Eu formo a luz e crio as trevas; Eu, o Senhor, faço todas estas coisas”

Os dias escuros da indiferença religiosa e pecado não fora do divino propósito. Quando os altares da verdade estão contaminados, e os caminhos do Senhor abandonados, os servos do Senhor choram com dor amarga, mas eles não podem cair em desespero, porque os dias mais negros são governados pelo Senhor e vão terminar quando Ele o ordenar. O que para nós pode parecer derrota pode ser a vitória para Ele.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: