… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sábado, 3 de dezembro de 2016

3 de dezembro

C. H. Spurgeon

Leituras Vespertinas
3 de dezembro

“O SENHOR poderoso na guerra.” (Sl 24:8, ARC, Pt)

BEM pode o nosso Deus ser glorioso aos olhos do Seu povo se tivermos em conta que Ele obrou semelhantes maravilha por eles, neles e por meio deles. Por eles, o Senhor Jesus derrotou no Calvário todos os inimigos, quebrando todas as armas do adversário em pedaços por meio da Sua perfeita obra de expiação obediente. Pela Sua triunfante ressurreição e ascensão Ele fez desaparecer completamente as esperanças do Inferno, levando cativo o cativeiro, tornando ridículos os nossos inimigos em público e triunfando sobre eles pela Sua cruz. Cada seta de culpa que Satã nos pudesse arremessar, está partida, porque quem pode tramar algo para acusar os escolhidos de Deus? Vãs são as afiadas espadas da malícia infernal e os perpétuos combates da semente da serpente, porquanto na Igreja, o coxo toma a presa e os soldados mais fracos são coroados.

Os salvos bem podem adorar o Seu Senhor pelas conquistas que Ele obteve neles, visto que as suas setas de ódio natural foram quebradas e as armas das suas rebeliões, partidas. Que vitórias tem a graça conseguido em nossos malvados corações! Quão glorioso é Jesus quando a vontade é dominada e o pecado destronado! Quanto às nossas restantes corrupções, elas sofrerão igualmente uma segura derrota, e serão inteiramente destituídas todas as tentações, dúvidas e temores. Em Salem dos nossos corações pacíficos, o nome de Jesus é incomparavelmente admirável. Ele ganhou o nosso amor e Ele o usará. Deste modo, também nós podemos esperar vitórias seguras, obtidas por nós. Somos mais do que vencedores por meio dAquele que nos amou. Por meio da nossa fé, do zelo e da santidade subjugaremos as potestades das trevas que estão no mundo; conquistaremos os pecadores para Jesus; subverteremos falsos sistemas e converteremos nações, porquanto Deus está connosco e nada poderá resistir. Que esta noite cada soldado Cristão entoe o canto de guerra e se prepare para o combate de amanhã. Maior é Aquele que está em nós do que aquele que está no mundo.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: